TV Foco

Está na hora de uma sessão descarrego na Record

 

Estamos vendo a migração de público para o SBT. Atualmente muitas das suas atrações atingem o segundo lugar. E para isso não foi preciso investimentos caríssimos como os feitos pela Record. O público não está interessado no valor do programa, quer divertimento e informação da forma adequada para seu entendimento. Se Chaves é engraçado, não importa ter custado um milhão ou dois reais. É o Chaves e estou rindo, pensa.

Lá está A Praça, fazendo tombar Ídolos, que até mansão tem. Ora, a diversidade do primeiro é enorme se compararmos com a mesmice do outro. Mesmo tendo personagens antigos, é muito mais atrativo ver o deboche do Batman do que assistir Higors e tantos outros concorrendo para algo que sabemos não dar bons frutos.

E a variedade não pára aí, no jornalismo também, e nas séries. Sempre tem a estréia de uma nova série, oposto da Record com seus eternos House e CSI. No campo das notícias tivemos o novo SBT Brasil, a vinda de Cabrine e agora a tentativa de adquirir Operação de Risco.

O SBT mostra ter fôlego e, mesmo diante da crise econômica, está firme e forte. Temos a nítida impressão de ser a rede de TV uma extensão da vida de Sílvio Santos, parece que nasceu para realizar este sonho. Se perdeu o banco, tudo bem, mas caso a perda seja o SBT, tio Sílvio não dura um dia. Será que brevemente Edir Macedo estará na fila da fogueira santa, onde empresários falidos tentam recompor suas vidas?!

 

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco