Celebridades

Celebridades

Ex de Ronaldo e mãe de Ronald relembra passado e desabafa: “Passei a gravidez inteira sozinha”

Ronald cresceu e já é maior de idade, só que a mãe dele continua jovem (Foto: Reprodução)
Ronald cresceu e já é maior de idade, só que a mãe dele continua jovem (Foto: Reprodução)

Milene Domingues, ex-esposa do ex-jogador Ronaldo, faz marcação cerrada em cima do filho, Ronald, de 16 anos. Mas ela jamais pensou em ser assim. A ex-jogadora de futebol contou, em conversa com o programa “Sensacional”, que nunca havia pensado em ser mãe jovem.

+Conselho emite nota repudiando cena de Chay Suede em Segundo Sol; saiba o motivo

Milene diz que, apesar de sua vida ter mudado radicalmente com o relacionamento – que começou em 1999 – soube lidar com a pressão de ser mulher de um dos melhores jogadores do mundo na época. “Eu morava em uma casa com todos os meus irmãos, minha mãe, e fui para uma casa para morar sozinha com meu marido, que vivia viajando para jogar, e eu grávida. Passei quase a minha gravidez inteira sozinha, e a gente resolveu ter [o bebê] lá, até por causa de calendário, em abril não dava para o Ronaldo voltar ao Brasil. Então eu acabei tendo meu filho lá na Itália e não sabia falar um tchau”, afirmou, na entrevista que vai ao ar nesta quinta-feira (31), na RedeTV!.

Milene Domingues e seu filho Ronald (Foto: Reprodução)
Milene Domingues e seu filho Ronald (Foto: Reprodução)

A ex-atleta também ressalta que após a separação fez questão de manter o filho, Ronald, próximo do pai. “Os jogadores em geral têm uma vida que é completamente diferente. (…) Então até quando eu me separei eu não quis voltar a morar no Brasil. Mesmo sabendo das dificuldades de passar por um divórcio, estar sozinha com meu filho, morar em outra casa. Eu não queria que ele ficasse longe do pai […]”, diz.

+Globo decide futuro de Ana Furtado; apresentadora descobriu câncer e iniciou os tratamentos

Veja também

Ela revelou ainda que lutou pelo seu casamento durante um ano. “A gente tem que tentar todas as possibilidades. Hoje em dia eu vejo muitos casais que se casam num dia e se separam um mês depois, porque a tolerância é cada dia menor. (…) Então quando nós decidimos realmente nos separar, na minha cabeça e no meu entendimento já havíamos tentado todas as possibilidades, então terminamos o relacionamento muito bem terminados, muito bem resolvidos”.

VÍDEO YOUTUBE: Luto! Anne Lottermann, do Faustão, encara a morte de perto

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários