Celebridades

Celebridades

Ex de Tom Veiga começa briga com família por conta de herança, expõe vida íntima e detona: “Metade de tudo é meu”

Tom Veiga com ex-mulher em Arraial do Cabo (Foto: Reprodução / Instagram)
Tom Veiga e sua ex-mulher Alessandra (Reprodução)
Tom Veiga e sua ex-mulher Alessandra (Reprodução)

Ex de Tom Veiga revela detalhes antes da morte de intérprete

Em novembro do ano passado, o Brasil sofreu com a morte de Tom Veiga. Para quem não se lembra, o intérprete era casado com Alessandra Veiga, no entanto, os dois se separaram em 2018, após 15 anos de união. Nos últimos meses de sua vida, de acordo com ela, os dois estavam se reconciliando.

“Estávamos conversando por telefone. Estávamos num relacionamento à distância. Eu era uma nova Alessandra e ele era um novo Tom. Ele tinha passado por outras situações e eu também. E ainda não sabíamos se íamos gostar desse novo Tom e dessa nova Alessandra”, começou a ex-mulher de Tom Veiga, em entrevista ao “NaTelinha”.

Alessandra aproveitou o momento para abrir o jogo sobre a herança do intérprete. “Tudo o que tem de bem material, a metade é minha. Porque desde quando a gente se divorciou (em 2018) não resolveu. Não foi dividido. Nada foi dividido”, afirmou ela, que é mãe de quatro filhos do ator.

A ex-mulher de Tom Veiga ainda falou sobre os boatos sobre um possível casamento antes da morte do amado. “Chegaram a dizer que a gente ia se casar na semana seguinte (à morte dele), mas não é verdade. Não se pode marcar um casamento sendo casado”, finalizou ela.

MORTE

No dia 1 de novembro de 2020 o Brasil parou com a notícia da morte de Tom Veiga. O intérprete de Louro José faleceu aos 47 anos, em sua residência no Rio de Janeiro. O laudo médico apontou que ele foi vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Veja também

 

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários