Globo

Globo

Ex-jornalista da Globo denuncia o que Bolsonaro fez com Faustão e Galvão Bueno nos bastidores da emissora: “Não podia”

Globo
Atriz da Globo perdeu o filho de 12 anos (Foto: Reprodução)

+Caio Castro trava luta problema e faz tratamento com células tronco para manter saúde: “Dor e aplicação de sangue”

+Após sucesso de Pantanal, Globo escala fenômeno de novela e data de estreia é vazada: “Na TV aberta”

Marcos Uchôa revela porque a Globo está mandando seus funcionários mais antigos embora

Recentemente, o jornalista Marcos Uchôa participou do podcast Inteligência LTDA e abriu o coração sobre sua saída da Globo e também falou sobre as demissões dos “Medalhões”, como são chamados os veteranos do jornalismo da emissora carioca.

Marcos Uchôa é um dos maiores jornalistas do país. Já participou de oito Copas do Mundo, dez Olimpíadas, cobriu guerras e política e fala sete idiomas. Mesmo com sua carreira totalmente ligada à Globo, em novembro do ano passado, o profissional pediu demissão após 34 anos na casa.

Desse modo, Marco Uchôa fez um esclarecimento sobre a onda de demissões na Globo: “Acho que a Globo está sofrendo, como muitos meios de comunicação, com a saída do dinheiro das mídias tradicionais e a entrada desse dinheiro na internet. É uma realidade que anos atrás não existia. Essa diminuição de dinheiro acarreta em prejuízos e necessidades de adequar os gastos. Nesse aspecto, cortando as pessoas que são mais velhas e estão há mais tempo lá, de fato, é uma economia de gastos mais rápida”, declarou ele.

Veja também

 

Marcos Uchôa participou do podcast Inteligência LTDA (Foto: Reprodução)
Marcos Uchôa participou do podcast Inteligência LTDA (Foto: Reprodução)

Se demitiu

Sobre sua própria demissão da Globo, Marcos Uchôa expôs o motivo: “Não concordo com a nova prática da emissora de diminuir os custos de operação. Gosto de ir aos lugares, fazer as reportagens in loco. Mas, foi difícil largar o salário que eu tinha. Era um salário muito bom, confortável”.

Sobre a saída de grandes nomes da Globo, o jornalista revelou: “Eu pedi para sair. Eu não tinha mais contrato. Foi uma das coisas que o Bolsonaro fez… antes, pessoas que tinham um salário melhor na Globo ganhavam como pessoa jurídica. No primeiro ano de governo, ele já foi em cima em termos trabalhistas, dizendo que isso não podia ser assim, e todo mundo passou a voltar a ser funcionário. Até o Galvão, até o Faustão”.

No mesmo bate-papo, o artista revelou não concordar com isso: “Eu não faria assim e acho até um erro. A identidade de um meio de comunicação é muito a identidade das pessoas que você está acostumado a ver. Você me via lá e dizia: ‘Marcos Uchôa da Globo’. Você tinha uma certa identidade, que é abalada quando a pessoa sai”.

Atualmente, Marcos Uchôa pretende ingressar em uma possível carreira na política, continuando a fazer falta nas telinhas da TV.

VÍDEO YOUTUBE: Luto! Anne Lottermann, do Faustão, encara a morte de perto

Quem escreve

Beatriz Castro

Tenho 32 anos e sou formada em Produção Multimídia. Sempre fui uma apaixonada por leitura, escrita e televisão. Adoro trazer informações sobre o mundo das celebridades.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários