Celebridades Entrevistas Exclusivo

Exclusivo: Atriz do México, Angelique Boyer fala sobre crise na Televisa e possibilidade de atuar no SBT

Angelique Boyer em Coletiva de Imprensa no SBT (Foto: Lourival Ribeiro)

A primeira vinda da atriz Angelique Boyer ao Brasil, a convite do SBT, está sendo uma loucura. Ela, que é protagonista da novela “O que a vida me roubou”, está trabalhando bastante e o SBT programou a participação da bela em várias de suas atrações. E nós adoramos tudo isso, não é?

Na manhã desta segunda-feira (17), o SBT organizou um encontro entre jornalistas brasileiros e a atriz, e o TV Foco esteve presente. Aproveitamos a ocasião para fazermos algumas perguntas e matarmos algumas curiosidades.

Confere só:

TV Foco: Como está sendo essa sua vinda ao Brasil? No SBT, temos o exemplo de Lucero que fez a novela “Carinha de Anjo”. Você tem vontade de fazer alguma novela brasileira?

Angelique Boyer: “O dia em que aqui (auditório da emissora) estava cheio de gente que queriam me ver, não contive a emoção, foi realmente um dos melhores dias da minha vida. E bem, Lucero fala português perfeitamente e eu não. (risos). Mas, claro, se Televisa e o SBT fizerem uma parceria, eu seria a primeira pessoa a me candidatar. Eu quero ir ao Brasil e passar um ano trabalhando, seria perfeito”, revela a atriz.

+Em passagem pelo SBT, Angelique Boyer movimentou mais de 1 milhão de brasileiros

Angelique Boyer capa da revista Cosmopolitan MX (Foto: Reprodução)

TV Foco: É verdade que renovou o seu contrato com a Televisa?

Angelique Boyer: “Desde o ano passado renovei meu contrato”.

TV Foco: Alguns jornalistas mexicanos falam sobre uma crise que a Televisa enfrenta, da qual artistas consagrados perderam contratos longos que eram fixos, enquanto outros se sentem ameaçados sobre o futuro na emissora. O que você tem acompanhado disso?

Angelique Boyer: “Isso é algo que afeta não só a Televisa, é o México! A Televisa é um reflexo do país, da sociedade. É triste o que estamos vivendo, eu vi saírem atores consagrados depois de dedicarem a vida inteira ao seu trabalho. Me parte o coração, as pessoas ficam sabendo dos atores demitidos, mas ouve demissão de três mil funcionários. Pessoas com quem eu cresci, porque eu vejo mais essas pessoas do que minha própria família. Então isso me quebrou o coração, porque justo quando terminou “Tres Veces Ana” foi quando começou toda essa revolução e, na verdade, por mais forte que seja, eu também acredito que a Televisa vai ressurgir das cinzas assim como a fênix e e será assim que vai acontecer, estou confiante disso”.

TV Foco: Em questão da teledramaturgia, essa crise afeta a emissora? Afinal, não se vê tanta diversidade nas abordagens representando o público LGBT, mulheres e questões como o machismo. Qual é a sua opinião sobre isso?

Angelique Boyer: “Isso está mudando, Giselle Gonzalez (atriz e produtora) com parceria de outros produtores farão projetos que terão toda essa diversidade esperada. Estou feliz por isso, eles também estão encantados. Espero que não briguem por eu estar falando sobre isso aqui. Mas eu escutei  que serão abordados temas bem atuais e na Televisa se respeita isso. Ao contrário do que se imagina, eu tenho muitos amigos gays e não existe nenhum problema com isso. Faz parte das nossas vidas e de tudo, é normal”, encerra a atriz.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!