Mais destaques

EntrevistasMais destaquesMalhação

Camila Morgado fala sobre educação, protagonismo, novidades e o grande diferencial da nova Malhação

Camila Morgado será a professora Gabriela Fortes em Malhação: Vidas Brasileiras (Foto: Divulgação/Marília Cabral)
Camila Morgado será a professora Gabriela Fortes em Malhação: Vidas Brasileiras (Foto: Divulgação/Marília Cabral)

A atual temporada de Malhação – Viva a diferença sob a autoria de Cao Hamburguer acabou. Após a exibição de seu último capítulo nesta segunda-feira (05), o autor passará o bastão para Patrícia Moretzsohn, autora da nova temporada da novela juvenil. Malhação terá o subtítulo Vidas Brasileiras e estreará nessa quarta-feira, 07 de março.

O folhetim terá supervisão de Daniel Ortiz e direção artística de Natália Grimberg. A história vai mergulhar na vida de cada um dos 17 alunos do primeiro ano do ensino médio da Escola Sapiência para tratar de questões como drogas, machismo, desemprego, idealização do corpo, racismo, assédio, intolerância religiosa, maternidade precoce, entre outros assuntos. A busca pela identidade. A novela tratará da aceitação pelo outro. A necessidade de mascarar comportamentos e emoções e criar uma outra realidade para ser aceito na sociedade. Essas são algumas características comuns aos jovens de uma geração sedenta por ser tudo ao mesmo tempo e que absorve uma enxurrada de informações a cada minuto. E esse jovem necessita ser ouvido para então revelar seus mistérios. Quem será a responsável por guiar esses jovens será a professora Gabriela, interpretada por Camila Morgado. No dia de lançamento da nova trama, nós do TV Foco marcamos presença nos Estúdios Globo e entrevistamos a talentosa atriz. Confira só:

+ Filho de cantor famoso, novo protagonista de novela juvenil da Globo fala sobre a novela

O encontro inesperado de Gabriela e Rafael em Malhação (Foto: Divulgação/Raquel Cunha)

TV Foco: “A professora Gabriel está envolvida em todas as tramas de Vidas Brasileiras? Afinal, o protagonismo muda conforme o aluno (a) está em foco…”

Camila Morgado: “Sim, estou envolvida em todas as tramas pelo o que eu fiquei sabendo! (riso) A gente grava muito, muito, muito. Normalmente chego (na Globo) das 08h até 20h e decoro muito texto. Eu tô no núcleo da família, da escola, na vida dos alunos. É muito trabalho pela frente, estou empolgada.”

Veja também

TV Foco: “Queremos saber de você, como é interpretar essa protagonista que é a professora? Afinal, o público que assiste Malhação está acostumado com as histórias de ‘casais’, não?”

Camila Morgado: “Isso é o que eles queriam, podemos chamar que seria o grande diferencial para essa nova temporada, essa professora que vai direcionar essas histórias, né? Não sei se ela é uma protagonista, na verdade, passa por ela todas essas histórias. Então a Gabriela sairá da escola Sapiciência para descobrir o que o aluno está passando, por que ele está se comportando desse jeito. Eu vou direcionar esses protagonistas, eu me sinto assim, não sei sei como será, mas como professora vou caminhar com eles e ajudar a dar voz as suas histórias.”

TV Foco: “Gabriela será uma espécie de guia então?”

Camila Morgado: “Não sei se essa é a palavra certa para definir. A Gabriela é o fio condutor para trazer esses protagonistas que são esses jovens maravilhosos a tona.”

TV Foco: “Como será abordado essa questão da educação pela trama através da Gabriela?”

Camila Morgado: “Eu posso dizer que a Gabriela tem uma ideologia de tentar fazer com que a educação seja igual para todos, ela acredita que isso possa acontecer e irá lutar para isso. Então, ela trabalha com essa educação inclusiva, em determinado momento vai buscar uma parceria com uma ONG dentro de um colégio tradicional que é chamado de Sapiciência, lugar onde ela trabalha há anos. Gabriela quase saí da escola para trabalhar nessa ONG até que ela consegue traze-la para o colégio e isso fazer com que esses alunos se encontrem. Alunos que talvez não teriam a mesma condição de estudar naquela escola com alunos que possuem essa condição, essa diversidade vai fazer todas essas histórias acontecerem.”

+ Camila Morgado desmente ter barrado youtuber em folhetim: “Eu nunca teria essa postura”

Professora Gabriela em sala de aula (Foto: Divulgação/Marília Cabral)

TV Foco: “Qual foi a sua referência para esse papel?”

Camila Morgado: “A referência vem de vários lugares desde filmes que você vê, até coisas que você lê e professores com quem eu conversei. Eu falei com muitos professores, mas isso não quer dizer que eu seja uma professora, eu vou tentar fingir que sou uma porque eu acho que essa é uma profissão muito admirável. Nunca gostaria de me colocar em um lugar que eu sei que não poderia estar, apenas faço o meu papel de atriz”, pontuou Camila sorridente com o novo trabalho.

TV Foco: “Essa é a primeira vez que você lidará com o público jovem diretamente?”

Camila Morgado: “Eu já fiz dois filmes que era mais voltado para o público jovem, na verdade, era voltado para um público mais família que eles chamam, né? Para todas as idades, os filmes foram com o Leandro Hassum, foi aí que eu sei que atingi o público mais jovem. Mas com certeza essa será a primeira vez que será desse tamanho, com adolescentes e isso me deixa muito empolgada porque é um público que eu não teria acesso. Não só eu trabalho junto com eles, todos os dias estou com esses jovens convivendo com as questões deles, mas também tem esse novo público com quem eu vou falar e isso será muito legal!”

TV Foco: “Essa é a sua maior expectativa com relação com a novela?”

Camila Morgado: “Não, minha maior expectativa no geral é como todo o trabalho, que Vidas Brasileiras seja bem vista, trabalhar com esses jovens, é o falar sobre a educação inclusiva. Acho que é o combo de tudo isso”, finaliza simpática.

VÍDEO YOUTUBE: Eliana quebra o silêncio de IDA a Globo + Karina Bacchi sem noção humilhada

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários