Grandes vitórias

Fim do aluguel, lei pra aniquilar o preço dos carros e extra do INSS: Idosos 60+ tem 3 vitórias à caminho


Carros, INSS e aluguel (Reprodução - Internet)

Com direito a fim do aluguel, lei para aniquilar valores dos carros e extra, idosos tem 3 vitórias

Os idosos podem comemorar três vitórias para a aposentadoria. Com direito a fim do aluguel, preço dos carros despencando e um extra do INSS.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Isso porque essas três vitórias chegam diretamente aos idosos e faz com que eles possam ter melhores opções para investir ou não o dinheiro.

A primeira vitória, de acordo com informações do G1, quem não tem imóvel próprio desembolsa, em média, 31% da renda familiar com o pagamento.

Porém, idosos acima dos 60 também tem prioridade para adquirir um imóvel nos programas habitacionais públicos ou subsidiados pelo governo é mais um dos benefícios oferecidos a pessoas a partir dos 60 anos de idade.

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


Por lei, 3% das unidades habitacionais devem ser reservadas para esse público, que também poderá usufruir de financiamento compatíveis com seus rendimentos.

Veja também

A segunda grande boa notícia, segundo o Auto Esporte, é que  idosos não recebem descontos na hora de comprar um carro apenas pela idade. Na verdade, os veículos podem ser mais baratos, mas só para Pessoas com Deficiência (PCD). Ou seja, apenas para quem tem deficiência física, auditiva, visual, mental ou para quem é diagnosticado com transtorno do espectro autista.

Nestes casos, os carros ficam com preços menores em função da isenção de impostos. Um deles é o do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI). Atualmente, o teto de desconto é para veículos de até R$ 200 mil, mas há a possibilidade do valor aumentar para R$ 300 mil caso o Projeto de Lei 2254/23 seja aprovado pela Comissão de Finanças e Tributação e pela Constituição de Justiça e Cidadania.

Por fim, de acordo com a Agência Brasil, aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começam a receber a primeira metade da parcela do 13º salário na primeira quinzena de abril.

Em geral, a primeira parcela do abono anual, também conhecido como 13º dos beneficiários da Previdência Social, ocorre em agosto de cada ano.

No mês passado, o governo federal determinou a antecipação do pagamento das duas parcelas do 13º salário a 33,6 milhões de beneficiários. De acordo com dados da folha de pagamentos, o volume de recursos só com a primeira parcela do benefício injetará R$ 33,68 bilhões na economia brasileira.

O valor antecipado corresponde a 50% do total do abono anual e sobre a primeira parcela não incide desconto de Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF). Nos casos em que é possível a cobrança, o imposto será descontado somente na segunda parcela do 13º.

O QUE É O INSS?

O INSS é o órgão responsável pelo pagamento de benefícios previdenciários como aposentadoria, seguro desemprego, auxílio-doença, pensão por morte e outros.

🚨 Exclusivo: Bia derruba campeões do BBB e Davi 'afunda' + venda da Globo? + Eliana rival de Portiolli         

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Prazer, sou Bruno Zanchetta, formado em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. O Jornalismo é a minha vida e está presente nas 24 horas do meu dia. Faço matérias diversas sobre carros luxuosos, veículos impressionantes e até sobre coleções curiosas Email: bruno.zanchetta@otvfoco.com.br