ESCANDALOSO

Falência, R$ 3 bilhões na mesa e prisão: O fim chocante de banco tradicional no Brasil e escândalo exposto

21/05/2024 às 1h11

Por: Lucas Brito
Imagem PreCarregada
Falência de banco importante pegou de surpresa o setor corporativo (Foto: Divulgação)

Dono da instituição teve mansão leiloada para pagar as dívidas

O anúncio de falência pegou de surpresa os clientes de um tradicional, requisitado e multimilionário banco brasileiro. Durante décadas, a companhia financeira esteve entre as maiores do país, até ser obrigada a decretar seu fim.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Fundado por Edemar Cid Ferreira, o Banco Santos teve grande importância no mercado, principalmente no setor corporativo. Porém, uma crise irreversível tomou conta da instituição, envolvendo também o dono, que chegou a ser preso por gestão fraudulenta.

Em meados de 2005, o Banco Central apontou que o Santos havia infringido as normas de atividades bancárias e sentenciou que já não havia mais como eles se manterem operando. Desde então, surgiram vários escândalos e processos bilionários.

Falência, Banco Santos
O Banco Santos foi uma importante instituição brasileira, mas teve falência decretada em 2005 (Foto: Reprodução / YouTube)

Segundo o jornal O Globo, o administrador judicial da massa falida, Vânio Pickler Aguiar, foi o responsável pelo desmanche do banco, tendo um passivo em torno de R$ 3 bilhões. Porém, existiam mais de 317 processos cobrando algum valor da empresa.

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


Em sua maioria, a ações exigiam dívidas sobre empréstimos e financiamentos não quitados. Em 2020, por causa dos recursos, a antiga mansão de Edemar, no Morumbi, em São Paulo, foi arrematada por R$ 27,5 milhões em um leilão realizado para pagar os credores.

Veja também

“Se arrastaram por anos porque os devedores que têm capacidade patrimonial questionam judicialmente os valores até a última instância, são processos com andamento mais lento, mas os créditos existem”, explicou o administrador das massas falidas da instituição.

Falência, Banco Santos
Mansão do banqueiro Edemar Cid Ferreira foi arrematada por R$ 27,5 milhões, em 2020 (Foto: Divulgação / Ohtake)

O que aconteceu com Edemar Cid Ferreira?

O banqueiro morreu em janeiro de 2024, aos 80 anos idade, vítima de problemas no coração. Ele ficou conhecido como colecionador de obras de arte, pela ostentação em sua mansão e pela história com o Banco Santos, falido desde 2005.

🚨 Ex de Nahim em gu3rra com filha do cantor + Faustão e Fernanda Montenegro esnobam a Globo + Fraude de Matteus 

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Autor(a):

Lucas Brito é um jornalista que ama conversar sobre tudo, mas em especial sobre música, culturas, teorias e boas histórias. Seu maior objetivo é conseguir se tornar um grande comunicador e ter espaço para tratar de assuntos sociais que considera importantes, além de poder opinar sobre a ficção, como séries e novelas. Email: lucas.brito@otvfoco.com.br

Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.