Agora

Agora

Falência, abandono e situação grave: Empresa tradicional gigante acaba de ter fim confirmado

Empresa tradicional gigante acaba de ter fim confirmado - Foto: Reprodução/TV FOCO
Empresa tradicional gigante acaba de ter fim confirmado - Foto: Reprodução/TV FOCO

A empresa gigante e tradicional entre os brasileiros teve a falência decretada de uma vez por todas

Nesta semana, o Brasil foi surpreendido com o anúncio de falência de uma grande empresa tradicional e bastante atuante no mercado. O juízo da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Tribunal de Justiça de São Paulo decretou na última terça-feira (27) de junho de 2023, a ruína da companhia.

Estamos falando da construtora Coesa, antiga OAS. O martelo foi batido após recurso da Gerdau, uma das credoras da construtora, que passa por recuperação judicial. Na ação, a produtora de aço destaca que o rearranjo societário que originou à Coesa e à Metha, no lugar da antiga OAS, surgiu com o objetivo enganar credores.

“A correlação entre as sociedades integrantes do Grupo Coesa, ora em recuperação judicial, e o Grupo OAS, atual Grupo Metha, é óbvia, havendo distinção apenas formal, oriunda de movimentações societárias que serviram, unicamente, para enganar os credores”, declarou a Gerdau.

Vale lembrar que, a primeira solicitação de recuperação judicial da OAS se deu em 2015. Cinco anos depois, a empresa deixou a tutela da Justiça e, antes de quitar todos os credores, promoveu uma reorganização societária que resultou na criação da Coesa e da Metha. Após o arranjo, a Coesa entrou com um novo pedido de recuperação.

A empresa gigante teve a falência decretada - foto: Reprodução/Internet
A empresa gigante teve a falência decretada – foto: Reprodução/Internet

Recentemente, em março deste ano, a situação da empresa já havia se agravado ainda mais quando a 4ª Câmara de Direito Privado do TJ-SP, decretou a desconsideração da personalidade jurídica da Coesa. Tal decisão permitiu que outras três empresas do mesmo grupo econômico fossem incluídas em uma ação de execução de título extrajudicial.

Veja também

Diante da situação, a desembargadora Jonize Sacchi de Oliveira, fundamentou sua decisão no entendimento de que a Coesa e suas empresas coligadas haviam realizado uma série de atos societários que caracterizaram abuso das personalidades jurídicas, especialmente com o propósito de lesar credores.

Com o pedido de falência, a Construtora Coesa encerra um capítulo marcado por desafios e instabilidade financeira. A notícia também traz preocupação para seus funcionários e fornecedores, que agora enfrentarão novos desafios diante do encerramento das atividades da empresa.

Justiça de São Paulo decreta falência da Coesa, antiga OAS - Foto: Reprodução/Internet
Justiça de São Paulo decreta falência da Coesa, antiga OAS – Foto: Reprodução/Internet

Quais construtoras faliram no Brasil?

Ao longo dos anos, várias construtoras no Brasil enfrentaram dificuldades financeiras e declararam falência. Alguns exemplos notáveis são a Odebrecht, OAS e a Mendes Júnior.

🚨 Davi é acusado de crime no BBB24 + Susana Vieira na Record + Jovem Pan fora do ar

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA