Adeus

Dívida de R$1 bi e falência: O fechamento de uma das maiores empresas brasileiras de alimentos, após crise

17/06/2024 às 11h36

Por: Gabriel Amaral
Imagem PreCarregada
Falência de uma das maiores empresas de alimentos do Brasil (Reprodução: Montagem TV Foco)

Uma das maiores empresas de carnes do Brasil acabou fechando as portas, por conta de uma dívida de R$1 bilhão

Uma empresa alimentícia gigante encarou uma dívida bilionária e teve sua falência decretada em abril de 2005. A decisão pegou todos os consumidores de surpresa, já que era uma das maiores exportadores do Brasil.

Ao longo dos anos é comum as marcas enfrentarem fortes crises financeiras, mas que muitas vezes são superadas e dão a volta por cima. Porém, a casos tristes em que se afundam em dívidas e precisam fechar as portas, para não agravar a situação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fundada no ano de 1952, o Frigorífico Chapecó tinha atuação em todo o mercado nacional. Assim, também era responsável por exportar seus produtos para mais de 50 países, por conta de suas 8 unidades industriais.

A empresa teve que fechar as suas portas em 2005 (Reprodução: Internet)
A empresa teve que fechar as suas portas em 2005 (Reprodução: Internet)

Início do declínio

Por conta de seu grande sucesso, em 1997, o BSDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) assumiu o controle da empresa. Porém, apesar de parecer um excelente negócio, foi o princípio do declínio.

Continua após o Veja Também

Veja também

Tudo começou em 2003, quando a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle solicitou ao Tribunal de Contas da União (TCU), uma auditoria que comprovou que a instituição financeira deu quase 200 milhões de dólares para o Frigorífico Chapecó.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Falência da empresa pegou a todos de surpresa (Reprodução: Internet)
Falência da empresa pegou a todos de surpresa (Reprodução: Internet)

Pouco tempo depois, uma forte crise financeira atingiu a Argentina, no início do século XXI. Assim afetou diversas empresas brasileiras, inclusive nem mesmo a grande indústria de Santa Catarina escapou.

De acordo com a ‘Folha de S. Paulo’, por conta dessa crise, a indústria brasileira foi acumulando dívidas e atingiu 1 bilhão de reais. Por conta dessa situação, no dia 29 de abril de 2005, a juíza Rosane Portella declarou a falência do Frigorífico Chapecó.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A empresa teve falência decretada em 2005 (Reprodução: Internet)
A empresa teve falência decretada em 2005 (Reprodução: Internet)

Quantos funcionários do Frigorífico Chapecó perderam seus empregos?

Ainda de acordo com o jornal ‘Folha de S. Paulo’, desde 2003, o início do declínio, até o dia de sua falência, o Frigorífico Chapecó demitiu cerca de 8 mil funcionários.

🚨 Tati Machado titular do Encontro + Estrelas intocáveis da Globo + Datena fora da Band: "Não tem dinheiro"    

falência Brasil
frigorífico chapecó
Gabriel Amaral

Autor(a):

Eu sou Gabriel Amaral, jornalista, formado na Universidade Anhembi Morumbi em 2021. Apaixonado por qualquer tipo de esporte, torcedor do São Paulo e adoro me perder assistindo filmes e séries dos mais variados gêneros e fã da música sertaneja. Faço matérias variadas sobre as celebridades e suas mansões. [email protected]. Minhas redes sociais são:

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.