Celebridades

Celebridades

Família descobre que grande ator da Globo, na verdade, se suicidou e notícia deixa o Brasil de luto: “Triste”

Atores da Globo faleceram em 2021 (Reprodução)
Atores da Globo faleceram em 2021 (Reprodução)

Ator da Globo morreu no dia 4 de maio de 2020

Flávio Migliaccio, famoso por interpretar o “Tio Maneco” em “Aventuras do Tio Maneco”, da Globo, morreu há cerca de um ano. Aos 85 anos de idade, ele foi encontrado morte em um sítio.

No entanto, após a perda irreparável, a família descobriu que o ator se suicidou e deixou uma carta com sua despedida.

De acordo com a polícia, o artista da Globo lamentou a situação do país e disse que a humanidade “não deu certo”.

“Me desculpem, mas não deu mais. A velhice neste país é (…) como tudo aqui. A humanidade não deu certo”, escreveu Flávio Migliaccio.

Na carta, o ator da Globo afirmou que teve “a impressão que foram 85 anos jogados fora num país como este e com esse tipo de gente que acabei encontrando”.

Veja também

A morte de Flávio Migliaccio abalou o Brasil, uma vez que ele era considerado um dos grandes intérpretes da televisão brasileira.

O último trabalho do artista na TV foi em 2019, em ‘Órfãos da Terra’, onde ele fazia o Mamede Aud.

HERANÇA DE ATOR DA GLOBO

Após a morte do ex-contratado da Globo, a família tem brigado na justiça para receber uma fortuna de 33 milhões de reais.

Isso porque, Flávio Migliaccio tinha direito à uma indenização da extinta TVE, por conta da destruição das fitas de rolo da série em que estrelou.

A emissora perdeu o acervo e, com isso, o ator perdeu o lucro referente à produção. Desse modo, ele procurou a justiça.

De acordo com o “Notícias da TV”, a família assumiu a briga judicial após a morte do artista da Globo e ficou decidido que o ele deveria receber 33 milhões de reais.

PROCESSO

“Verificou-se que o valor de uma propaganda no SBT é de R$ 46.500 para o horário entre de 6h às 8h. Assim, supondo que pelo menos quatro anunciantes queiram veicular suas propagandas de 30 segundos cada em um intervalo de 120 segundos, teríamos um valor de R$ 46.500 x 4= R$ 186.000. Considerando que existem 444 capítulos inutilizados: R$ 186.000 x 444 = R$ 82.584.000”, explicou o profissional no documento que o site teve acesso.

“A obra poderia render para uma emissora de TV que exibisse todo o conteúdo da série, pelo menos uma vez, o valor de R$ 82.584.000”, projetou. Para se chegar ao montante de R$ 33 milhões, foi usado “um fator redutor probabilístico de 0,4” na definição da “perda experimentada pelo autor [Flavio Migliaccio] com a impossibilidade da comercialização de sua obra”, argumentou o perito.

VÍDEO YOUTUBE: GUERRA! Sonia Abrão rebate Catia Fonseca + Datena condenado + Fátima explode na Globo

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários