X

Faustão é traído por funcionário famoso, que ganha quase 1 milhão e prova como o apresentador destruiu a vida dele

O apresentadora da Globo, Faustão é envolvido em polêmica de ex-funcionário, Renatinho (Reprodução/Globoplay)

Renato Oliveira e Faustão no programa dominical a TV Globo (Foto: Reprodução)

O ex-funcionário da Globo, Renatinho, processou a emissora e acusou Faustão de ser o responsável pelo fim de seu casamento

Uma polêmica envolvendo Faustão e o ex-diretor de palco do Domingão, Renatinho, tomou conta dos bastidores da Globo nos últimos anos. Tudo começou quando Renato de Oliveira Cardoso entrou na justiça conta a emissora pedindo uma indenização por pagamentos não recebidos na época em que deixou o canal e também acusando o apresentador de ser o responsável pelo fim de seu casamento.

Nesta semana, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT), do Rio de Janeiro, condenou a Rede Globo a pagar Renatinho. O TRT entendeu que a emissora não pagou todas as determinações previstas em contrato, entre elas acúmulo de funções, horas extras e reflexos.

Em agosto de 2018, o Tribunal calculou uma indenização no valor de R$ 813.449,32 a ser recebido pelo ex-diretor de palco do Domingão do Faustão e a Globo acatou a decisão e fez a transferência bancária a Renato.

Renatinho também alegou nos laudos processuais ter sofrido danos morais causados pelos comentários de Faustão durante o Domingão. Mas, a Justiça negou o pedido. De acordo com os advogados do ex-funcionário da Globo, as piadas do apresentador, que chamava o funcionário de “mulherengo” e que ele “havia sido noivo por oito vezes”, “deram início a várias brigas entre o autor e sua ex-esposa” até culminar no término do matrimônio.

Porém a Justiça concluiu que não houve dano moral pelas falas de Faustão no Domingão, da Globo, alegando que eram apenas brincadeiras combinadas pela produção.

Renato Cardoso trabalhou por 14 anos na emissora e foi demitido em 2012, logo após acionou a Globo na Justiça em 2014. Apesar da indenização ter sido paga, o processo continua em aberto pois o jurídico do ex-funcionário pediu impugnação à sentença de homologação, argumentando que o valor da indenização é maior. O processo continua tramitando.

Faustão no comando do Domingão (Foto: Reprodução/Globo)

TV Foco no Youtube

Amor de Mãe

Disqus Comments Loading...