Celebridades

Felipe Neto é acusado por deputada de instigar homossexualidade em crianças

Felipe Neto foi acusado pela deputada Carla Zambelli de instigar a homossexualidade em crianças (Foto: Reprodução)
Felipe Neto foi acusado pela deputada Carla Zambelli de instigar a homossexualidade em crianças (Foto: Reprodução)

O youtuber Felipe Neto sofreu ataque da deputada Carla Zambelli, que o acusou de estimular homossexualidade em crianças

Felipe Neto foi acusado pela deputada Carla Zambelli (PSL-SP) de instigar a homossexualidade nas crianças. A acusação contra o youtuber foi feito durante participação da política no programa Pânico da rádio Jovem Pan, nesta terça-feira (10). Na semana passada, os dois haviam trocado farpas nas redes sociais.

A polêmica teve início após o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, mandar recolher um HQ com imagem de beijo gay que estava em um estande da Bienal do Livro, na semana passada. Felipe Neto logo se posicionou contra a ação da prefeitura e chegou a comprar 14 mil livros para distribuir na Bienal. Na ocasião, Carla Zambelli disse que o youtuber distribuiu livros impróprios para crianças. E as acusações continuaram ontem.

+ Autoras de Órfãos da Terra mudam e novela terá beijo gay após críticas do público

“Que pessoas como o Felipe Neto, por exemplo, que vêm instigando a homossexualidade nas crianças, possam parar para pensar que não é assim que eles vão conseguir. A gente tem grandes nomes que são homossexuais que são contra tudo isso. Sofreram preconceitos, mas sabem que não é dessa forma que vão resolver”, disparou a deputada em participação no Pânico.

+ Felipe Neto sofre tentativa de boicote por internautas após polêmica de livros: “Lixo”

Em uma rápida participação de cerca de trinta segundos por meio de vídeo, Carla Zambelli falou sobre o tema do programa, que discutia sobre personagens LGBT+ na cultura pop.

Carla Zambelli, deputada do PSL, acusou Felipe Neto durante o programa Pânico (Foto: Reprodução/Youtube)
Carla Zambelli, deputada do PSL, acusou Felipe Neto durante o programa Pânico (Foto: Reprodução/Youtube)

“O grande ponto é a forma como a gente enxerga o preconceito e como a gente quer combater esse preconceito da homossexualidade. Não há problema nenhum em ser homossexual. O problema é querer influenciar as nossas crianças antes da época”, disse ela.

+ Felipe Neto fala sobre saída do irmão Luccas Netto do YouTube

“A gente não precisa trabalhar o preconceito contra os homossexuais dentro da infância e da primeira adolescência. A gente tem que trabalhar o preconceito de uma forma generalizada. O preconceito contra qualquer coisa diferente”, prosseguiu a deputada.

“Tem uma série de diferenças que a gente precisa trabalhar dentro do preconceito e não é através da agressividade que a gente vai conseguir fazer isso e nem tentando sexualizar os nossos jovens que vamos conseguir isso”, concluiu Carla Zambelli.

Confira a acusação da deputada contra Felipe Neto no vídeo abaixo, a partir do minuto 48:10.

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Vitor Peccoli

Publicitário, Vitor escreve sobre TV desde 2013 e, aqui no TV Foco, traz as principais notícias do surpreendente mundo da televisão e seus bastidores.
E-mail: vitor@otvfoco.com.br