Celebridades Fernanda Lima

Fernanda Lima se revolta com gravidez e abre o jogo em grande desabafo

A apresentadora Fernanda Lima (Foto: Divulgação)
A apresentadora Fernanda Lima (Foto: Divulgação)

Quase dando à luz, Fernanda Lima abriu o jogo sobre a gravidez e revelou que está revoltada com um detalhe envolvendo a filha que virá

O casal formado por Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert está prestes a ganhar mais uma integrante para a família. É que a apresentadora está grávida e prestes a dar à luz uma menina. Mas engana-se quem acha que ela se sente confortável com a gravidez. Em entrevista concedida ao jornal O Globo, a famosa revelou que se incomoda com o tabu em torno da gestação.

“Nesses oito meses, nas poucas vezes que consegui ir à academia, apenas dois homens olharam para mim e falaram: ‘Nossa, que barriga linda!’. Todos os outros parecem ter medo. Neste estado, a mulher fica tão animal, tão forte, tão rica, que assusta um pouco. Toda hora eu penso na Leila Diniz”, disse Fernanda Lima, relembrando a atriz que chocou a sociedade ao usar biquíni grávida em 1971.

“Sinto que a mulher grávida é anulada, como se falassem algo do tipo: ‘Fica aí no seu canto, faz o seu trabalho e volta depois de parir’. Acho isso muito louco. Seis anos atrás, fiz um ‘Amor e sexo’ sobre gravidez: foi, disparado, o pior ibope de toda a história do programa. O assunto ainda é um tabu, sim”, prosseguiu a apresentadora, revelando que até mesmo o marido já foi envolvido nesse tabu.

Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert roubaram a cena com registro da reta final da gravidez da atris e apresentadora (Foto: Reprodução / Instagram)

“Mesmo sendo um cara do mato, mais xucro, com uma relação forte com a natureza, na minha primeira gestação, o Rodrigo não queria encostar em mim… Até para sexo! Eu dizia para ele que não tinha problema, mas não adiantava. Ele tinha medo de machucar. Isso é falta de informação. Nesta segunda gravidez, ele está muito mais íntimo da minha barriga”, contou Fernanda Lima.

Fernanda Lima também não curte romantizar a gestação. “Acho que precisamos falar mais sobre quem passa por dificuldades do que romantizar a gestação, como se não fosse nada demais ficar grávida. Fala-se muito pouco sobre as mudanças físicas e hormonais. A mulher passa por um momento de solidão, porque só a gente sabe o que está sentindo”, disse ela ao jornal.

“A gravidez não é doença, mas é um estado que precisa de atenção, que necessita de um olhar. Todo dia, quando vou dar uma bufadinha, penso na grávida que pega ônibus lotado e ainda tem que ouvir desaforo do chefe, porque muitas mulheres precisam trabalhar até o finalzinho. Poucas são as privilegiadas que podem fazer uma drenagem no meio da tarde e vir aqui te encontrar para um café”, concluiu a apresentadora.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Fernando Lopes

Escreve sobre televisão desde 2013.