Belo

Filha de Belo, presa por crime e envolvimento com quadrilha, recebe ultimato de juiz e pena assusta: “Em flagrante”

Belo e sua filha, Isadora (Foto: Divulgação)
Belo e sua filha, Isadora (Foto: Divulgação)

A situação da filha de Belo não é das melhores e pena pode ser bem pesada

Como já foi informado pelo TV Foco, a filha mais nova do cantor Belo, Isadora Vieira, acabou sendo presa na última quarta- feira, 11 de novembro.

Durante o programa Cidade Alerta Rio, foi revelado que a filha do cantor era uma das integrantes de uma perigosa quadrilha. A organização criminosa contava com doze mulheres que lucravam em média um milhão de reais por mês com a aplicação de golpes com cartões de crédito no Rio de Janeiro.

+Zilu fica possuída, atola cara de Zezé e Graciele na lama e destrói: “Tenham hombridade de não trair”

A investigação começou sob o comando da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD). A quadrilha agia de forma silenciosa e o golpe acontecia quando as mulheres conseguiam informações sobre senhas e acesso a cartões de crédito de clientes, que geralmente eram pessoas da terceira idade.

Depois da prisão, aconteceu uma audiência de custódia em Benfica, zona norte do Rio de Janeiro, mas o juiz decidiu manter a prisão das mulheres, incluindo a filha do cantor Belo.

+Filha de Vanusa destrói relação com a mãe após morte e a detona: “Crimes, subornos e violências”

Além das sete que continuarão presas, outras mulheres envolvidas no crime ficarão em prisão domiciliar por serem mães de crianças menores de 12 anos.

Belo e sua filha Isadora, que foi presa (Foto reprodução)
Belo e sua filha Isadora, que foi presa (Foto reprodução)

Situação da filha do cantor é complicada

Gustavo Castro, delegado da Delegacia de Combate às Drogas, informou que as acusadas podem pegar até oito anos de prisão. “As 12 mulheres foram presas em flagrantes pelo crime de organização criminosa que tem uma pena de três a oito anos e vão também responder por cada estelionato que praticaram”, disse ele em conversa com o UOL.

+Catia Fonseca quebra protocolo e deixa repórter em pânico ao vivo na Band: “Tem bombeiro aí?”

“Elas trabalhavam em uma central clandestina de telemarketing, montada em um apartamento alugado na Barra da Tijuca e ganhavam 15% de comissão, que girava em torno de R$ 5 mil a R$ 6 mil por cada golpe aplicado”, completou o delegado.

Em comunicado, Belo falou sobre a prisão da filha. ‘Eu não sabia de absolutamente nada, falei com ela semana passada por telefone e ainda perguntei de tudo, da faculdade e tal. Dei sempre todo suporte como pai, pensão, faculdade, educação e amor. Me sinto muito triste e quero ser respeitado nesse momento”, disse ele.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Aloizio Júnior

Aloizio Júnior ingressou na faculdade de Direito, mas é encantado por Medicina e hoje em dia é um vestibulando. Falar sobre TV sempre foi um hobby e faz isso desde 2008. Atento sobre todas as novidades no mundo da TV, entrou para a equipe do TV Foco em agosto de 2012.