EITA

Fim das transmissões, sinal cortado e despedida ao público: O adeus de canal da Record, após lutar para seguir no ar

22/05/2024 às 10h12

Por: Larissa Caixeta
Imagem PreCarregada
Investimento da Record passa por crise e tem fim cravado (Foto: Montagem: TVFOCO)

Record faz investimento milionário em emissora, mas crise muda os planos e as transmissões são encerradas

A Record, sem sombra de dúvidas, é uma das maiores emissoras do país, com mais de 70 anos de história no Brasil, sendo o canal mais antigo da TV em atividade até hoje. Propriedade de Edir Macedo, a rede teve que enfrentar uma grande crise e acabou tendo que encerrar as transmissões de um canal, além de ter o sinal cortado e cravar adeus. A seguir, confira mais detalhes sobre o assunto.

Siga o Tv Foco no Telegram

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Com uma trajetória tão longa, a emissora atravessou diversos momentos importantes para a mídia, assim como as demais emissoras de TV no Brasil. Porém, um investimento milionário em um canal no passado não deu certo como era esperado. O que acabou resultando em um grande problema financeiro, que levou ao fim de suas transmissões

Fundada nos anos 90, por Roberto Montori, a Rede Mulher nasceu com a proposta de oferecer uma programação diversificada voltada principalmente as mulheres. No entanto, segundo a ‘Wikipédia’, foi incorporada a Record em 1999, após o investimento milionário de Edir Macedo, no entanto, teve um triste fim. Vale dizer que, o custo rendeu um verdadeiro estouro aos cofres do bispo.

Record
Record encerrou as transmissões de canal (Foto: Divulgação)

Vale dizer que, segundo as informações, na época, a Rede Família, de Edir Macedo, investiu alto, com gastos em torno de US$ 1 milhão no lançamento do canal. Sua programação misturava entretenimento e jornalismo, onde a grade era dividida entre moda, beleza, culinária, saúde, comportamento e notícias. Porém, houve uma reformulação depois dos novos donos.

Siga o Tv Foco no WhatsApp

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


Mudanças e início da crise

Logo após a compra da Record, a Rede Mulher passou por uma série de mudanças nos bastidores, incluindo alterações na gestão e na programação. O investimento milionário da Igreja Universal do Reino de Deus trouxe uma nova visão para a emissora. Com um foco maior em conteúdos alinhados aos princípios da igreja.

Veja também

Assim, logo nos primeiros meses, a nova gestão retirou alguns programas do ar devido a conflitos de conteúdo com seus princípios. Pouco depois, a sede da Rede Mulher foi transferida para as instalações antigas da Rede Record, em Moema, marcando uma integração mais estreita entre as duas emissoras.

Rede Mulher deixou de existir após polêmicas (Foto: Reprodução/YouTube)
Rede Mulher (Foto: Reprodução/YouTube)

Em setembro de 2000, investindo cerca de U$ 500 mil, a Rede Mulher adquiriu um novo sistema de captação e finalização digital. O objetivo planejado para esse alto investimento era realizar reformas nos estúdios, lançar novos programas para iniciar um novo e próspero capítulo do canal.

E foi em dezembro de 2004, quando as coisas começaram a ficar ruins para o lado da emissora. A Rede Mulher enfrentou um processo de racismo junto a Record na 5ª Vara Cível Federal, devido à exibição de programas considerados ofensivos para religiões afro-brasileiras.

A emissora, que na época se defendeu alegando que os “programas são de responsabilidade de quem os produz”, teve que lidar com o desafio de enfrentar um baixo desempenho no IBOPE, o que fez o Grupo Record tomar uma medida radical. Lançando o canal Record News, um canal de notícias 24 horas por dia. Que gradativamente tomou o lugar da Rede Mulher, que teve as transmissões encerradas em setembro de 2007.

Record, Rede Mulher
Após crise financeira, a emissora, comprada pela Record por U$ 1 milhão, precisou sair do ar (Foto: Divulgação)

Quem é dono da Globo?

Roberto, João e José Marinhos continuam à frente dos negócios herdados do pai, o jornalista Roberto Marinho (1904-2003). No entanto, já delegaram alguns poderes às novas gerações. O atual presidente da Globo é Paulo Marinho, 47 anos, filho de José Roberto.

🚨 Mani faz a fila andar? Globo toma estrela do SBT antes de Eliana + Marrone internado  

Prazer, eu sou a Larissa Caixeta e se tem uma coisa que eu amo é escrever sobre os bastidores da TV, e tudo o que acontece pelo mundo. Integro a equipe do TV Foco desde 2023 e falo sobre os mais diversos assuntos por aqui, como famosos, carros, futebol, entre outras curiosidades. Estou sempre antenada aos os últimos acontecimentos e atuo com muito entusiasmo no meu trabalho.

Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.