ADEUS...

Carros desaparecidos das ruas: 3 montadoras populares gigantes e a falência escandalosa no país por decadência

10/07/2024 às 0h34

Por: Lucas Brito
Imagem PreCarregada
Volkswagen engoliu uma das marcas (Foto: Divulgação)

Marcas como Volkswagen, Fiat e Ford, antes de se consagrarem no mercado, enfrentaram uma forte concorrência, mas nem todas as empresas rivais resistiram à briga

Com longos anos de estrada, Volkswagen, Fiat e Ford estão entre as gigantes automotivas globais. Em meio a tanto tempo de funcionamento, o trio teve importantes rivais no setor dos carros, mas alguns deles, por diversos motivos, foram à falência.

Surpreendentemente, a Chrysler foi uma delas no Brasil. Entre 1967 e 1981, a subsidiária brasileira da marca americana teve papel importante nas concessionárias nacionais. O grupo havia se fundido com a VW e disparou o portfólio da empresa que segue em atividades.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Porém, segundo o Auto Entusiastas Classic, quando a nova dona comprou as ações da empresa, ela desligou por completo o controle dos antigos donos. No início dos anos 80, a Chrysler do Brasil encerrou suas produções e, gradualmente, sumiu do mapa.

Falência, Ford, Volkswagen, Fiat, Chrysler do Brasil
Chrysler do Brasil encerrou as atividades na década de 80 (Foto: Divulgação)

Corona Viaturas e Equipamentos

Fundada no estado de São Paulo, a fabricante fez sua estreia em 1979. O maior sucesso, aliás, foi inspirado na própria Fiat, criando o Dardo, que era uma versão brasileira do italiano X1/9. Além do carro, eles também produziram carrocerias para caminhões.

Continua após o Veja Também

Veja também

De acordo com o site Lexicar, em 1983, o projeto do veículo foi comprado por um empresário interiorano, que extinguiu o nome dos antigos donos e passou a fabricar o modelo sob a marca Grifo até 2004. Esse marcou o fim definitivo da antiga montadora no Brasil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Falência, Corona
O Dardo, carro raro da Corona (Foto: Divulgação)

Envemo

Entre 1966 e 1995, a marca fez um enorme sucesso ao lançar um automóvel estético e potente, que chegou a ser exportado para a Europa e os Estados Unidos. Chamando atenção pelo estilo, o Super 90 foi um clone do Porsche e já veio com fórmula pronta.

Ainda segundo o Lexicar, os preços acima do padrão e um “choque econômico” da antiga política causaram uma crise escandalosa. Antes dos anos 2000, eles foram obrigados a decretar falência e sumiram do mercado, dando total espaço às empresas rivais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fiat, Envemo, Falência
O Super 90, da extinta Envemo (Foto: Divulgação)

O que acontece em casos de falência?

Esse processo reúne os bens da instituição e dos donos, apontando o que deve ser liquidado para pagar as dívidas em aberto. Ele pode levar longos anos na Justiça, assim como também pode ser revertido, caso o responsável consiga achar um jeito de levantar a empresa novamente.

🚨 Tati Machado titular do Encontro + Estrelas intocáveis da Globo + Datena fora da Band: "Não tem dinheiro"    

Destaque
Falência decretada
fiat
Hyundai
Volkswagen
Lucas Brito

Autor(a):

Lucas Brito é um jornalista que ama conversar sobre tudo, mas em especial sobre música, culturas, teorias e boas histórias. Seu maior objetivo é conseguir se tornar um grande comunicador e ter espaço para tratar de assuntos sociais que considera importantes, além de poder opinar sobre a ficção, como séries e novelas. Email: [email protected]

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.