Globo Novelas

Fina Estampa, de volta em reprise, causou briga e polêmica entre poderosos da Globo

Lilia Cabral (Griselda) e Caio Castro (Antenor) em Fina Estampa; novela motivou fim de amizade de autores da Globo (Foto: Globo/Alex Carvalho)
Lilia Cabral (Griselda) e Caio Castro (Antenor) em Fina Estampa; novela motivou fim de amizade de autores da Globo (Foto: Globo/Alex Carvalho)

Fina Estampa foi motivo do fim de amizade de autores da Globo após acusação que causou polêmica

Escolhida pela Globo para reprise na faixa das nove, Fina Estampa, que será substituta de Amor de Mãe, causou uma grande briga com troca de acusações entre poderosos autores da emissora: Aguinaldo Silva e Walcyr Carrasco.

Os dois, que até então eram amigos, se afastaram após uma polêmica durante a exibição de Fina Estampa. A amizade azedou de uma vez por todas depois que Silva acusou publicamente o colega de plagiar a trama da protagonista Griselda (Lilia Cabral).

+ Gloria Pires enterra maldição de Éramos Seis na Globo após quase 80 anos; descubra como

+ Fina Estampa: Lilia Cabral abre o jogo nove anos após a novela e despeja: “Abdiquei da minha vida”

ACUSAÇÃO E DISCÓRDIA

“Eu lhe contei a história de Griselda e seu filho estudante de medicina, e ele me falou que sua próxima novela começaria no Japão e seria sobre robôs, uma vaquinha anã e dinossauros”, escreveu o autor em seu blog pessoal na ocasião, causando grande repercussão na imprensa.

Em 2011, ao mesmo tempo em que Fina Estampa retratava Griselda sendo desprezada pelo filho, José Antenor (Caio Castro), por ser pobre, Morde e Assopra, escrita por Walcyr Carrasco, passou a mostrar Guilherme (Klebber Toledo), que também tinha vergonha da mãe pobretona, Dulce (Cássia Kis). Os dois jovens fingiam ser de família rica.

O autor Walcyr Carrasco, que encerrou amizade com Aguinaldo Silva após atrito na Globo (Foto: Reprodução/Globo)
O autor Walcyr Carrasco, que encerrou amizade com Aguinaldo Silva após atrito na Globo
(Foto: Reprodução/Globo)

Após a acusação por causa da trama da novela, os autores ficaram com a história mal resolvida e a amizade entre os dois chegou ao fim. Depois do episódio, aconteceram até alfinetas e indiretas de um contra o outro.

Na época, Walcyr Carrasco já havia sido acusado de plágio por outros escritores em duas ocasiões, nas novelas Alma Gêmea (2005) – em que foi absolvido pela Justiça – e Sete Pecados (2007). Depois, chegou a sofrer acusação do público por tramas de Amor à Vida (2013) e O Outro Lado do Paraíso (2017).

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Vitor Peccoli

Publicitário, Vitor escreve sobre TV desde 2013 e, aqui no TV Foco, traz as principais notícias do surpreendente mundo da televisão e seus bastidores.
E-mail: vitor@otvfoco.com.br