Flordelis

URGENTE: Flordelis é denunciada pelo assassinato do pastor Anderson e prisões são decretadas

Flordelis e o pastor Anderson do Carmo frequentavam quarto de swing, segundo testemunha (Reprodução)
Flordelis e o pastor Anderson do Carmo frequentavam quarto de swing, segundo testemunha (Reprodução)

As autoridades do Rio de Janeiro denunciaram Flordelis pelo assassinato do pastor Anderson do Carmo e prendeu outras pessoas suspeitas de participação

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) denunciou a deputada federal e missionária evangélica, Flordelis, pelo assassinato do próprio marido, o pastor Anderson do Carmo, que foi brutalmente assassinado em junho de 2019, alvejado por vários tiros, próximo à casa onde ele, a esposa e os vários filhos moravam, na região metropolitana do estado fluminense.

O MP-RJ, em conjunto com a Polícia Civ,il apontou Flordelis como a mandante do assassinato do marido. A pastora é deputada federal pelo estado do Rio de Janeiro e é filiada ao PSD.

+Record expõe escândalo bilionário envolvendo os donos da Globo e retaliação é prometida no JN: “Mexeu em vespeiro” 

+Simone, após anunciar apresentação solo, fala da nova fase e dispara: “Sei fazer as coisas sem a Simaria”

De acordo com informações do canal de TV CNN Brasil, pelo menos seis pessoas foram presas, sendo cinco delas no Rio de Janeiro e uma em Brasília. A pessoa detida na capital federal é Rayane dos Santos Oliveira, neta da missionária evangélica; ela foi presa no apartamento funcional da parlamentar.

A operação que denunciou a deputada federal e prendeu outras pessoas no âmbito das investigações do assassinato do pastor Anderson do Carmo é conduzida pelo MP-RJ, por meio do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e pela Polícia Civil, por meio da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNSG).

FLORDELIS NEGA TER MATADO PASTOR ANDERSON

O pastor Anderson do Carmo foi assassinado em junho de 2019 e, até o momento, as autoridades ainda não haviam denunciado formalmente a deputada federal e esposa da vítima, embora ela fosse apontada como uma das principais suspeitas de mandante do crime. Até o momento, apenas duas pessoas estavam detidas no âmbito deste inquérito, todos os dois são filhos do casal.

Em relação aos mandados de prisão expedidos pela Justiça nesta segunda-feira, 24, todos são contra parentes do pastor Anderson do Carmo. Além de Rayane dos Santos Oliveira, acima citada, também foram denunciados Marzy Teixeira da Silva, Simone dos Santos Rodrigues, André Luiz de Oliveira, Caros Ubiraci Francisco da Silva, Flávio dos Santos Rodrigues, Adriano dos Santos Rodrigues, Andrea Santos Maia e Marcos Siqueira Costa.

+Após confirmar fim relacionamento, Pato vai à público e casamento com Rebeca vira alvo: “Se despedindo” 

Desde o começo das investigações no ano passado, quando testemunhas apontaram Flordelis como mandante do crime que matou o próprio marido, a deputada e pastora evangélica tem negado a autoria.

Flordelis nega participação no assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo (Reprodução)
Flordelis nega participação no assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo (Reprodução)

O QUE DIZEM AS AUTORIDADES

Por ter foro privilegiado, na condição de deputada federal, Flordelis não foi presa na operação desta segunda-feira. No entanto, ela é acusada de homicídio triplamente qualificado, homicídio tentado, associação criminosa, uso de documento ideologicamente falso e falsidade ideológica.

À Globo News, o delegado Antônio Ricardo, titular d DHNSGI, declarou que “o importante é que as prisões foram cumpridas”. Ainda, apontou que a investigação chegou a seguinte conclusão: “A motivação [do crime] é porque ela [Flordelis] estava insatisfeita com a forma como o pastor tocava a vida e fazia a movimentação financeira. Todas as buscas que foram feitas mostraram que essas pessoas estavam envolvidas. São 11 pessoas respondendo criminalmente. Temos 20% da família envolvida”.

Com isso, a polícia apresentou denúncia apontando que Flávio dos Santos Rodrigues, juntamente com Lucas Cézar dos Santos de Souza [esses dois presos desde o ano passado], Flordelis e os demais denunciados, participaram do assassinato de Anderson do Carmo.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco