Celebridades Flordelis

Flordelis não tem mais para onde fugir, é enganada por preso que diz ser policial e investigadores descobrem fraude

A deputada federal, Flordelis e o marido, que foi assassinado recentemente com vários tiros, Pastor Anderson do Carmo (Foto: Reprodução)
A deputada federal, Flordelis e o marido, que foi assassinado recentemente com vários tiros, Pastor Anderson do Carmo (Foto: Reprodução)

A Delegacia de Homicídios de Niterói investiga suposto preso que fingiu ser policial para conseguir extorquir a deputada federal e viúva do Pastor Anderson, Flordelis

A deputada federal Flordelis (PSD-RJ), 48 anos, tem visto a sua situação ficar mais precária a cada dia desde que o seu marido, o Pastor Anderson do Carmo, 42 anos, foi brutalmente assassinado na garagem de sua casa pelos seus próprios filhos, há quase cinco meses atrás, no dia 16 de junho. Contudo, além de tudo isso, a religiosa continua sendo uma das principais investigadas e, agora, os agentes da polícia do Rio de Janeira tiveram acesso a novas informações.

Na manhã desta quarta-feira, 06 de novembro, a Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo começou a apurar a possibilidade de a viúva do religioso ter sido enganada por um presidiário. É isso mesmo, pode até parecer brincadeira, mas os investigadores analisam se um preso fingiu se passar por policial civil para conseguir extorquir dinheiro da parlamentar.

De acordo com O Globo, a DH descobriu que três dos números utilizados pelo suposto criminoso para entrar em contato com a pastora estão em nome de um detento, Jota Carvalho Junior, condenado por tráfico de drogas. Conforme os dados do site do Tribunal de Justiça, ele está atualmente na Penitenciária Esmeraldino Bandeira, no Complexo de Gericinó, Zona Oeste do Rio.

Já no celular de Flordelis, que foi apreendido no dia 17 de setembro pela DH de Niterói, foram encontradas conversas da deputada federal com o homem por um aplicativo de mensagens. Ao longo dos bate-papos, que ocorreram em agosto e setembro, ele afirmou trabalhar na DH capital, mas citou ter um colega na unidade de Niterói. Ainda durante o diálogo, o homem disse ter informações sobre as investigações do assassinato do Pastor Anderson, como a existência de uma testemunha-chave.

A deputada federal é suspeita de estar envolvida na morte de seu marido, Anderson do Carmo (Foto: Reprodução TV)
A deputada federal é suspeita de estar envolvida na morte de seu marido, o pastor evangélico Anderson do Carmo (Foto: Reprodução TV)

A política chegou a perguntar quem seria a pessoa em questão, mas o suposto policial não revelou a identidade da testemunha e pediu para que a parlamentar mantivesse a calma. Vale ressaltar que a Delegacia de Niterói, que investiga Flordelis por suspeita de participação na morte do marido, passou a apurar denúncia de que a religiosa havia de fato sofrido extorsão após uma entrevista fornecida ao Fantástico, da Globo, no dia 22 de setembro.

TV Foco no Youtube

Podcast TV Foco

Sobre o autor

Sandra Cotrim

Sandra Cotrim, 21 anos, é formada em jornalismo, ama escrever e ler sobre o mundo dos famosos

ANÚNCIO

Conheça nosso Podcast

ANÚNCIO

site statistics