Galvão Bueno

Galvão Bueno

Galvão Bueno assume bancada do Jornal Nacional e vira apresentador no lugar de William Bonner

"É sacanagem", Galvão Bueno se despede na Globo e detona o que viveu: "Isso nunca mais vai acontecer"
Galvão Bueno (Foto: Reprodução/TV Globo)

Galvão Bueno já participou oficialmente da bancada do “Jornal Nacional”, da TV Globo, durante algum tempo, em 1996

O “Jornal Nacional” é apresentado por William Bonner e Renata Vasconcellos desde 2014, mas muitos nomes importantes do jornalismo já passaram pela bancada da Globo. Galvão Bueno foi um deles, em um momento em que a emissora queria inserir mais esporte no noticiário.

Em 1996, a platinada fez uma reformulação total na apresentação do telejornal, por causa da saída de Cid Moreira da bancada. A emissora emplacou William Bonner e Lilian Witte Fibe no noticiário, como a primeira dupla oficial entre um homem e uma mulher no horário nobre.

Para fazer diferente, a Globo colocou Galvão Bueno diretamente na bancada do “Jornal Nacional” para comentar sobre esportes. Apesar disso, a passagem do narrador pelo telejornal não durou muito tempo e ele voltou a se dedicar apenas ao programas esportivos.

CARREIRA DIGITAL

Atualmente, o jornalista vive um momento decisivo em sua carreira. 2022 será o último ano em que ele narrará uma Copa do Mundo na Globo, após 41 anos na emissora, mas isso não significa que ele não trabalhará mais. Ele assinou com a Play9, empresa de Felipe Neto, para desenvolver conteúdo digital.

Galvão Bueno trabalhará com João Pedro Paes Leme, que já foi diretor na Globo, e atualmente é parceiro do influenciador na empresa.

Veja também

“O JP [Paes Leme] foi repórter em centenas de transmissões comigo, foi correspondente internacional e depois meu diretor na Globo. Admiro muito a transição que ele fez lá atrás enxergando as oportunidades do mercado digital. Era natural que esse projeto fosse feito em parceria com a Play9”, disse o veterano nas redes sociais.

SALÁRIO MILIONÁRIO

O apresentador, vale ressaltar, saiu da Globo também por causa de seu salário milionário. Após várias reduções drásticas no valor, a emissora optou por encerrar o contrato com ele, não sem antes liberá-lo para fazer ações publicitárias. Jornalistas na platinada, inclusive, são proibidos até hoje de participarem de comerciais.

Galvão Bueno no "Jornal Nacional", na década de 1990 (Foto: Reprodução/TV Globo)
Galvão Bueno no “Jornal Nacional”, na década de 1990 (Foto: Reprodução/TV Globo)

VÍDEO YOUTUBE: Barraco! Leonardo é DETONADO por João Guilherme

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários