Giovanna Antonelli Notícias

Giovanna Antonelli enfrenta polêmicas e defende a novela Segundo Sol

Giovanna Antonelli com Luzia e Ariella nas duas fases de Segundo Sol (Foto: João Miguel Júnior/Globo/Fernando Torquatto)
Giovanna Antonelli com Luzia e Ariella nas duas fases de Segundo Sol. (Foto: João Miguel Júnior/Globo/Fernando Torquatto)

A novela Segundo Sol estreia na noite desta segunda-feira, 14 de maio, cercada de polêmicas. A trama de João Emanuel Carneiro está sendo acusada há semanas por não ter um elenco com atores negros de peso, já que a história toda se desenvolve na Bahia. Giovanna Antonelli, a protagonista, saiu em defesa em entrevista para o UOL.

Contratados por obra, atores de O Outro Lado do Paraíso se despedem da Globo e iniciam negociação com a Record

“Acho que estamos aqui para contar uma história, independente de qualquer cor, raça. Acho que qualquer história, quando se começa a contar, não está determinando se [o personagem] tem cor, se é japonês. Nas histórias que conto aos meus filhos, [os personagens] não tem raça”, comentou Giovanna Antonelli em conversa com o Uol.

“O que mais eu quero é que as pessoas se apaixonem pela novela assim como nós estamos amando a história, pelos seus resgates, reconstruções. Estamos vivendo em um momento do mundo em que é muito legal ter essa mensagem de amor. A vida seria muito chata sem uma segunda chance. Já tive milhões de novas chances, aproveito sempre, cada aprendizado, cada erro”, deseja a atriz, que dividirá cena com Deborah Secco, a vilã, e Emilio Dantas, seu par romântico.

GLOBO É NOTIFICADA PELA JUSTIÇA PELA FALTA DE ATORES NEGROS

A Globo foi notificada pelo Ministério do Trabalho por causa da quantidade pequena de negros em Segundo Sol, próxima novela das nove que estreia nesta segunda-feira (14) e que se passa na Bahia, estado com maior número de negros no país.

Jogo vira na Record e Gugu volta a ser cotado para apresentar o reality A Fazenda

Na notificação, a Coordenadoria Nacional de Promoção de Igualdade de Oportunidade e Eliminação da Discriminação no Trabalho (Coordigualdade) do MT enviou recomendações à emissora, entre elas: elaboração de um Plano de Ação que contemple medidas para garantir a inclusão, a igualdade de oportunidades e de remuneração da população negra nas relações de trabalho; a realização imediata de um censo entre os trabalhadores que prestam serviços à empresa, com recorte de raça/cor e gênero; um levantamento da quantidade de artistas negros e negras que aparecem em telenovelas, séries, propagandas, programas de entretenimento, entre outros produtos, produzidos pela empresa bem como o de jornalistas e comentaristas.

O órgão do Ministério do Trabalho ainda deu um prazo de 10 dias para a Globo comprovar as providências adotadas em relação a nova novela. Quanto aos demais tópicos, o canal terá 45 dias. Caso as recomendações não sejam cumpridas, o MP promete convocar a empresa para prestar esclarecimentos em audiência ou propor ação judicial cabível (confira a notificação abaixo).

A polêmica teve início após internautas reclamarem da falta de negros em Segundo Sol. A história, que se passa na Bahia, tem no elenco apenas quatro negros num total de 44.

Saiba tudo o que vai acontecer sobre a nova novelas das 9 da Globo, Amor de Mãe.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Rogério Frandoloso