Maju Coutinho

GloboMaju Coutinho

Globo assina mega contrato de R$ 400 milhões, corta Maju da programação e estreia fenômeno mundial no lugar

Maju Coutinho Globo
Maju Coutinho (Foto: Divulgação/TV Globo)

Resolvendo um problema antigo e mirando no futuro, a emissora fez uma importante mudança na programação

A Globo decidiu adotar uma nova estratégia de negócios para garantir a renovação de um dos seus maiores tesouros: O futebol, sobretudo a Copa do Mundo da Fifa. Porém, como consequência das medidas, Maju Coutinho e JH vão acabar perdendo tempo na grade da Platinada.

Almejando uma renovação de contrato de transmissão tranquila com a Fifa, organização que comanda os principais torneios do futebol internacional, a Globo acertou uma antiga divida que tinha com a entidade.

Segundo Gabriel Vaquer, do site Notícias da TV, a Globo assinou um acordo para pagar os R$ 400 milhões que deve para a Fifa em três parcelas, dividas nos próximos três anos.

Veja também

Pois bem, com a parte jurídica resolvida, a emissora carioca resolveu agradar ainda mais uma de suas parceiras.

POLÍTICA DE BOA VIZINHANÇA AFETA MAJU E O JH

A partir de sexta-feira (20) a Globo vai transmitir alguns jogos da seleção brasileira, na Copa do Mundo de futebol de areia, justamente para continuar agradando a Fifa, já que a entidade também organiza o torneio.

Com o jogo Brasil entre e Suíça previsto para começar às 14:20, o Jornal Hoje, apresentado por Maju Coutinho, será reduzido pela metade e entregará direto para o evento esportivo.

No entanto, a medida foi recebida com certa estranheza, não só dentro da Globo, mas também para alguns telespectadores, já que o torneio não é tão popular entre a audiência da platinada.

MEDIDA DEVE SE REPETIR PARA OS PRÓXIMOS ANOS

Globo e Fifa
Globo e FIFA são parceiras há mais de 50 anos (Foto: Reprodução)

Mas, a medida seguirá durante os próximos anos, já que o contrato com a Fifa vence ao final da Copa do Mundo de 2022, a Globo pretende continuar “agradando” a parceira, exibindo diversos torneios em TV aberta.

A partir de 2023, Globo e Fifa deverão renovar o antigo acordo, que já dura 50 anos, desde o mundial do México, 1970.  

Prova da boa relação aconteceu em 2008, quando a Fifa se negou a vender os direitos de duas futuras Copas do Mundo para Record.

Na época, o valor oferecido pela emissora de Edir Macedo era bem maior que a proposta da Globo, porém, a organização máxima do futebol decidiu manter o torneio na emissora dos Marinho por conta da grande cobertura e do alcance do canal em todo o país.

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Assuntos

GloboJHMaju

Quem escreve

Erick Martins

Estudante de jornalismo fascinado pelo mundo televisivo e amante dos mais variados esportes desde 2000.

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários