Globo

Globo bate o martelo e define estreia de série sobre Hebe Camargo

Andrea Beltrão interpreta Hebe Camargo em nova série da Globo. (Foto: Montagem/Divulgação)
Andrea Beltrão interpreta Hebe Camargo em nova série da Globo. (Foto: Montagem/Divulgação)

Globo exibirá minissérie sobre a vida de Hebe Camargo

Em 2020, o público poderá conferir algo inusitado na televisão. Hebe Camargo, considerada por muitos a maior apresentadora da televisão brasileira, terá sua história contada na telinha pela Globo.

Apesar de nunca ter contratado Hebe, que faleceu em 2012, a emissora carioca decidiu fazer uma espécie de homenagem à Dama da TV, retratando a sua trajetória. No último mês, foi lançado um longa sobre a história da famosa apresentadora, e boa parte desse material, coproduzido pela Globo Filmes, estreará na telinha, com sequências inéditas, no dia 6 de janeiro de 2020. A informação é do colunista Fefito, da Jovem Pan.

+ Milene Domingues, ex de Ronaldo Fenômeno, engata namoro com novo jogador e os dois são flagrados em clima de romance

+ Ana Maria Braga é flagrada trocando carinho ao lado de novo namorado em shopping; conheça

+ Marcão do Povo xinga homem no SBT ao vivo, ele se mata e Silvio Santos corre para resolver

O longa, estrelado por Andrea Beltrão e com direção de Maurício Farias, tem sua história concentrada nos anos 80. A minissérie, no entanto, terá dez episódios e retratará a vida de Hebe desde a infância. O filme traz no elenco nomes como os de Marco Ricca, Caio Horowicz e Daniel Boaventura. Já produção para a TV vai contar com a participação de Camila Morgado, Heitor Goldflus e Gabriel Braga Nunes.

+ Amor de Mãe: Murilo Benício e Antônio Negrini repetem relação de pai e filho da vida real na ficção

+ Namorado de Xuxa, Junno Andrade é perseguido por suposto filho e famoso ‘some’ do mapa: “Vou atrás”

+ Imagens inéditas vazam e mostram corpo de Pedro Scooby sendo retirado da água, após grave acidente

Além do fato de retratar a história de uma grande estrela da TV que nunca trabalhou na Globo, a emissora carioca promete não ter muito pudor ao citar a concorrência, já que a produção retrata Silvio Santos, vivido por Daniel Boaventura, e utiliza até mesmo o logotipo do SBT em microfones de programas comandados por Hebe.

A Globo chegou a cogitar gravar sequências da produção no Teatro Silvio Santos, em São Paulo, onde Hebe comandou alguns dos seus programas na vida real. Porém, utilizou os estúdios de outro concorrente: os de Gugu Liberato, em Alphaville.

No filme, inclusive, há uma cena em que Hebe afirma que jamais trabalharia na Globo, temendo ser censurada pela emissora. Esse discurso vai de encontro a uma declaração recente de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, que foi diretor do canal por muito tempo, e revelou que a Globo realmente temia contratar a apresentadora por não conseguir controlá-la.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Renan Santos

Atuando também como roteirista de TV e cinema, Renan é redator e colunista do TV FOCO desde 2014, noticiando e criticando o mirabolante e imprevisível universo televisivo e dos famosos.