Fina Estampa Globo ighome Novelas

Globo se policia, decepa Fina Estampa sem dó e corta tramas polêmicas

Marcelo Serrado (Crô) e Rodrigo Simas (Leandro) em Fina Estampa; Globo está picotando tramas polêmicas (Foto: Reprodução/Globo)
Marcelo Serrado (Crô) e Rodrigo Simas (Leandro) em Fina Estampa; Globo está picotando tramas polêmicas (Foto: Reprodução/Globo)

A Globo passou a tesoura nas partes polêmicas de Fina Estampa e deixou tramas sem sentido. Saiba quais!

A Globo está se policiando para evitar tramas polêmicas em Fina Estampa, reprisada na faixa das 21h. A emissora vem decepando sem dó as partes mais pesadas, como a vida de Leandro (Rodrigo Simas) na prostituição e os ataques homofóbicos contra Crô (Marcelo Serrado).

Desde o início da “edição especial” do folhetim de Griselda (Lilia Cabral) e Tereza Cristina (Christiane Torloni), a Globo tem realizado cortes pesados na história. Inicialmente, isso acontecia muito em função de acelerar a história para terminar em agosto, quando Amor de Mãe estava prevista para voltar ao ar após a paralisação nas gravações.

+ Emissora deve exibir nova reprise às 18h e tem substituta para Novo Mundo; saiba qual

+ Lacombe se demite, vinda de Zeca Camargo e contratação de Tom Cavalcante: Band tem dia explosivo nos bastidores

GLOBO CORTA TRAMAS POLÊMICAS DE FINA ESTAMPA

Na onda dos cortes, a Globo decepou cenas de violência e chegou a deixar partes da trama das nove sem sentido, conforme o TV Foco publicou em maio. Agora, mesmo precisando manter a novela em seu ritmo original para manter no ar até setembro, a emissora vem promovendo novas “tesouradas” e eliminando tramas polêmicas.

SEM PROSTITUIÇÃO E HOMOFOBIA

Um dos casos é o do personagem Leandro, interpretado por Rodrigo Simas. Na exibição original de Fina Estampa, o jovem acabou virando garoto de programa e se prostituía saindo até com homens por dinheiro. Isso causou uma briga dele com a mãe, Dagmar (Cris Vianna).

Na versão editada, a Globo eliminou as cenas de Leandro se prostituindo e o flagra de Dagmar no filho, que acaba desmascarado e ocasiona uma briga familiar. Os dois já apareceram brigados, sem mostrar o motivo. Ficou sem sentido.

Dagmar (Cris Vianna) flagra Leandro (Rodrigo Simas) após sexo com homem em Fina Estampa (Foto: Divulgação/Globo)
Dagmar (Cris Vianna) flagra Leandro (Rodrigo Simas) após sexo com homem em Fina Estampa (Foto: Divulgação/Globo)

Outra parte polêmica tirada da versão 2020 de Fina Estampa foram os ataques homofóbicos sofridos por Crô. O personagem, já criticado por representar um gay caricato, teve cortadas as cenas em que é vítima do preconceito dos homens que jogam vôlei na praia.

+ Fina Estampa: Tereza Cristina é encurralada pela polícia após outra morte; saiba quem é a vítima

Globo está fazendo de tudo para deixar a novela das nove mais amena, sem muitas cenas pesadas em meio a um período de tristeza por causa da pandemia.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Vitor