Agora

Agora

Refrigerante com soda cáustica e intoxicação: O escândalo da marca mais amada desmascarado em jornal da Globo

Refrigerante - Globo (Foto: Reprodução - Montagem, TV Foco)
Refrigerante - Globo (Foto: Reprodução - Montagem, TV Foco)

Globo divulgou para todo o Brasil marca de refrigerante após escândalo por conta de bebida com soda cáustica

O escândalo envolvendo refrigerante contaminado com soda cáustica e casos de intoxicação é uma grave questão que abalou a confiança dos consumidores e a reputação da marca em questão, considerada uma das mais amadas do país. A divulgação dessa notícia por um jornal da Globo amplificou a gravidade do problema, levando a uma intensa repercussão na mídia e na opinião pública.

A presença de soda cáustica em bebidas é extremamente perigosa e pode causar danos sérios à saúde dos consumidores, incluindo queimaduras internas e outros problemas gastrointestinais, gerando um clamor por respostas imediatas por parte das autoridades reguladoras e da empresa responsável.

Refrigerante (Reprodução/Internet)
Refrigerante (Reprodução/Internet)

A desmascaramento desse escândalo pela mídia levanta sérias questões sobre os controles de qualidade e segurança alimentar dentro da indústria de bebidas, bem como sobre a responsabilidade das empresas em garantir a integridade dos produtos que colocam no mercado.

Além disso, evidencia a importância da transparência e da comunicação eficaz por parte das marcas em situações de crise, destacando a necessidade de uma resposta rápida e eficiente para proteger a saúde e a confiança dos consumidores. Este incidente serve como um alerta para a vigilância contínua e aprimoramento dos processos de produção e controle de qualidade em toda a cadeia de fornecimento de alimentos e bebidas.

Caso de contaminação

A estudante S.M.S. foi indenizada por danos morais em R$ 10 mil pela empresa Refrigerantes Minas Gerais Ltda. Devido à ingestão de uma bebida com soda cáustica. A estudante teve queimaduras nos lábios, na boca e na garganta. A decisão é da 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), que, em 2ª Instância, aumentou o valor fixado inicialmente – R$ 2 mil – pelo juiz da 3ª Vara Cível de Contagem, Rodrigo Antunes Lage.

Veja também

Segundo o processo, S.M.S., em 21 de junho de 2007, estava no estabelecimento comercial de sua avó, onde bebeu Guaraná Kuat. Assim que ingeriu o produto, a estudante teve queimaduras nos lábios, na boca e na garganta, sendo levada imediatamente ao posto de saúde. Devido à gravidade da situação, os funcionários do posto chamaram policiais para lavrar um boletim de ocorrência. A garrafa foi enviada ao Instituto de Criminalística da Polícia Civil, onde foi constatada a presença de hidróxido de sódio (soda cáustica).

Kuat, da empresa Coca-Cola, em mercados (Foto: Reprodução/ Internet)
Kuat, da empresa Coca-Cola, em mercados (Foto: Reprodução/ Internet)

A estudante ajuizou uma ação pleiteando indenização por danos morais, sob o argumento de que sofreu vários danos. Pois ficou muitos dias ingerindo apenas líquidos devido às queimações. Além disso, a estudante argumentou que só não sofreu danos mais graves porque foi atendida rapidamente.

As informações dão do portal Cm Lagoa Santa.

É saudável beber refrigerante?

Segundo o jornal O Globo, o consumo elevado de açúcar por meio de refrigerantes pode impactar diretamente na saúde do coração. Um estudo feito por pesquisadores da Universidade Harvard mostra que quanto maior o consumo de açúcar, maior o risco de doenças e complicações cardíacas.

🚨 Davi é acusado de crime no BBB24 + Susana Vieira na Record + Jovem Pan fora do ar

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA