Globo

Globo é implacável, obriga âncoras a condição grave e famosa revela: “Durmo na garagem”

Nova redação do Jornalismo (Foto: Globo/Sergio Zalis)
Nova redação do Jornalismo
(Foto: Globo/Sergio Zalis)

A emissora tem visto uma verdadeira debandada de jornalistas que não querem mais conciliar a vida pessoal com os trabalhos nas madrugadas.

A Globo tem visto uma verdadeira onda de nomes de seu jornalismo migrando para as concorrentes, principalmente para a rede de notícias CNN Brasil, que chega ao nosso pais em breve, com um canal totalmente dedicado aos acontecimentos do nosso pais. Atualmente, a rede tem emplacado derrotas na Globo, mas não somente pelas propostas de salários maiores, mas também pelas condições de uma vida mais saudável e regrada.

+Silvio Santos tem encontro com suposto filho e fatos do passado se tornam público após anos 

Isso mesmo, ultimamente vimos Monalisa Perrone se desligando da emissora, porque precisava parar de trabalhar de madrugada na Globo e Izabella Camargo ser demitida pela emissora, após desenvolver síndrome de burnout, profundo esgotamento físico, e precisar tirar uma licença de meses. Hoje, Izabella foi reintegrada na Globo por um medida judicial, mas é fato que ela pagou um alto preço na saúde pelas condições de trabalho impostas. Tanto ela como Monalisa  Perrone comandavam na emissora carioca o Hora 1 e precisavam ter uma rotina completamente inversa a maioria das pessoas. Elas, por exemplo, tinham que ir dormir cinco da tarde para conseguir dar conta dos trabalhos no jornalismo do canal.

+Gusttavo Lima enfrenta doença após anúncio de pausa na carreira e drama terrível vem à tona

Mas não são somente esses casos que podem ser destacados. No passado vimos Ana Paula Padrão, âncora do Jornal da Globo, pedir demissão após dizer que precisava de um equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional. Na época ela tentava engravidar do então marido, mas ao que parece, isso era um desafio, já que pouco conseguia ver o parceiro por conta dos trabalhos nas madrugadas do canal carioca.

Carla Vilhena com William Bonner no Jornal Nacional (Foto: Reprodução)
Carla Vilhena com William Bonner no Jornal Nacional
(Foto: Reprodução)

Mas não para por aí não, também tivemos Carla Vilhena, que recentemente fez um relato impressionante. Para quem não se lembra, ela comandou por muitos anos o Bom Dia SP, que hoje segue com Rodrigo Bocardi. Por conta do jornalístico entrar no ar as seis da manhã, Carla Vilhena também precisava chegar de madrugada na Globo. Segundo ela, em algumas situações, chegava a dormir na garagem da da emissora carioca com receio de perder o horário.

“Ficava insegura se conseguiria acordar bem e, algumas vezes, fui [à noite] para a garagem. Tinha um travesseiro dentro do carro, eu colocava tampão no ouvido e avisava o segurança que eu estava lá dentro do carro para ele não se assustar. Era o medo que eu tinha de perder a hora. Sempre fico orgulhosa porque, em três anos, eu nunca perdi a hora”, afirmou ela, que se desligou da emissora há alguns anos.

TV Foco no Youtube

Podcast TV Foco

ANÚNCIOS

Conheça nosso Podcast

ANÚNCIOS

site statistics