Globo

Globo

Globo é processada por mulher em 15 milhões e é acusada de ter cometido plágio em novela de sucesso: “Minha história”

Jornalista da Globo falou sobre diagnóstico de doença (Foto: Reprodução)
Jornalista da Globo falou sobre diagnóstico de doença (Foto: Reprodução)

Globo está se vendo em meio a grande polêmica envolvendo novela de Walcyr Carrasco

E a polêmica está solta, a diretora Amora Mautner até saiu em defesa de Walcyr Carrasco, que é acusado de ter cometido plágio na novela A Dona do Pedaço (2019), mas, quem conhece Sandra Rodrigues Campos, assegura que a mulher está falando a verdade.

Sandra Rodrigues é uma cozinheira em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, há mais de 20 anos, e tem a sua história de vida conhecida por amigos, familiares e vizinhos.

“Quem me conhece sabe que a verdade está comigo. A história contada na novela é minha, não pode ter sido coincidência tantas coisas em comum. Entendo que existem muitas boleiras batalhadoras, guerreiras como a Maria da Paz [interpretada por Juliana Paes no folhetim], mas nenhuma delas tinha um programa chamado A Dona do Pedaço, cuja marca foi vendida pela Globo no ano de estreia da novela”, contou Sandra Rodrigues ao Notícias da TV.

Ela que é vendedora de bolos, alega que a sua história foi copiada e que ela é a verdadeira Maria da Paz, personagem que na novela foi vivida por Juliana Paes. O caso então, foi apresentado na 5ª Vara Cível de Rio Preto. Antes de entrar na Justiça, Sandra tentou contato com a emissora de várias formas.

“Eu liguei algumas vezes. Diziam que iam me retornar e nunca fizeram. Tenho anotado todos os protocolos. Mandei mensagem no Instagram para o Luciano Huck, a Juliana Paes, o Marcos Palmeira. Na época, eu só queria reconhecimento porque sei que parte da novela foi inspirada na minha vida e me senti desprestigiada. Depois, em conversa com amigos, percebi que não perdi nada, mas deixei de ganhar. Fora isso, não posso mais usar uma marca que usava desde 2004”, lamentou a mulher.

Veja também

QUER A MARCA PARA ELA

De acordo com os autos que o Notícias da TV teve acesso, Sandra Rodrigues pede 5 milhões por danos materiais, 5 milhões por danos morais e mais 5 milhões de indenização por lucros cessantes. Sandra ainda quer proibir que a Globo use a marca A Dona do Pedaço, que afirma se referir a ela desde 2004. O canal, por sua vez, pagou 300 mil pelo título.

“Os danos materiais são justificados pelo fato de a emissora ter utilizado o meu nome artístico e a minha história sem autorização. Os lucros cessantes são relacionados à falta de repasse relacionado aos direitos autorais, já que a novela faturou bastante. E os danos morais são porque não posso mais utilizar o pseudônimo A Dona do Pedaço, sob pena de estar plagiando algo que me foi plagiado”, explicou ela.

Sandra Rodrigues acusa Globo de plágio (Foto: Reprodução)
Sandra Rodrigues acusa Globo de plágio (Foto: Reprodução)

VÍDEO YOUTUBE: Silvia Poppovic expõe luta contra o CÂNCER e Eliana fala de saída do SBT

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários