Maju Coutinho

Globo emite comunicado após Maju ser apedrejada por milhões e confirma desfecho da âncora no JH: “Amarga suspensão”

Maju Coutinho
Maju Coutinho no comando do Jornal Hoje da Globo (Foto: Reprodução)

A emissora carioca se pronunciou sobre a fala “cruel” da jornalista

Após uma polêmica declaração de Maju Coutinho no Jornal Hoje viralizar nesta última quarta-feira (17), a Globo resolveu se manifestar e saiu em defesa da contratada.

Para quem não se lembra, na edição de terça-feira (16), Maju fez um comentário um tanto quanto ácido após uma reportagem sobre cientistas que defendem o lockdown. Foi aí que ela disse: “Os comentaristas são unânimes em dizer que essas são medidas indispensáveis agora para conter a circulação do vírus. O choro é livre, não dá pra gente reclamar. É isso o que tem”.

O comentário da âncora do JH rendeu uma onda de críticas não só pra Maju, mas também para a Globo. Que se viu obrigada a publicar uma nota oficial para esclarecer o “mau entendido”.

“Maria Julia Coutinho quis dizer ontem que, por amargas que sejam, as medidas de isolamento social são necessárias. Sobre a dor daqueles que precisam manter seus negócios fechados, assunto abordado no JH de hoje, Maria Júlia Coutinho disse ao final da reportagem “Desejo também agilidade do governo e do Congresso para atender os empresários e também as famílias que estão aguardando auxílio emergencial”, informou o comunicado da Globo.

GRANDE REPERCUSSÃO

Muitos usuários das redes sociais enxergaram um certo menosprezo de Maju quanto aos trabalhadores que não são considerados essenciais e apedrejaram a jornalista no Twitter.

“Como alguém fala algo assim, com tanto deboche, deveria sofrer com uma amarga suspensão ou até demissão”, sugeriu um. “Gosto muito da Maju, mas faltou sensibilidade no comentário”, opinou outro.

Confira mais alguns tweets:

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Erick Martins