Globo

Globo

Globo faz convocação e lista de novelas fenômenos para voltarem no Vale a Pena Ver de Novo é exposta

Globo
Atriz da Globo perdeu o filho de 12 anos (Foto: Reprodução)

Globo estuda exibir reprise de novela nunca reprisada na TV aberta em 2022

Recentemente, a TV Globo passou a exibir pela terceira vez em sua programação, a novela O Clone, na sessão de reprises Vale a Pena Ver de Novo. Mas, de acordo com o que andam falando por aí, existe o desejo da emissora para que a próxima novela que seja reprisada na sessão, seja uma novela que ainda não foi reprisada na emissora.

A seguir, você confere uma lista de 10 novelas que fizeram sucesso, mas, nunca foi reprisada pela Globo!

PAI HERÓI

A novela foi exibida originalmente entre os dias 29 de janeiro e 18 de agosto de 1979, esse foi o último grande sucesso de Janete Clair. O público torceu por André Cajarana, vivido por Tony Ramos, e viu um dos melhores papéis de Glória Menezes, a Ana Preta. Além disso, Paulo Autran brilhou como o vilão Bruno Baldaracci, que acabou caindo no gosto dos telespectadores.

Pai Herói, vale dizer, foi exibida pela Globo de forma compacta, em apenas uma hora e meia, em 1980, no Festival 15 anos, e por conta disso, está na lista das novelas nunca reprisadas na Globo, isso na TV aberta, pois, a novela já foi exibida no canal Viva, entre 2016 e 2017, e foi disponibilizada recentemente no Globoplay já que não existe qualquer chance de passar na emissora original.

BAILA COMIGO

A novela exibida em 1981, em 163 capítulos, foi a primeira novela solo de Manoel Carlos na Globo. A novela fez sucesso e levantou o ibope da emissora que vinha do dramalhão Coração Alado. O público aguardou com ansiedade o encontro dos gêmeos Quinzinho e João Victor, vividos por Tony Ramos. Inexplicavelmente, a produção nunca foi reprisada pela Globo, porém, pelo menos, voltou no canal Viva, entre 2018 e 2019.

Veja também

LOUCO AMOR

A novela foi exibida na faixa das oito na Globo, entre os meses de abril e outubro de 1983, a mesma foi gravada as pressas devido ao encurtamento da novela Sol de Verão, depois da morte do ator Jardel Filho. Mesmo tendo feito sucesso no canal, é considerada a pior novela. No elenco da trama temos atores como Fábio Júnior, Glória Pires, Tereza Rachel, Tônia Carrero, Reginaldo Faria e Bruna Lombardi.

CORPO A CORPO

A novela foi exibida em 1985, e foi a primeira parceria entre Gilberto Braga e Dennis Carvalho. “Mais um brilhante momento para Gilberto Braga, mágico em segurar o telespectador com suas fantasias. Gilberto sabe como tecer com maestria os mistérios de uma boa novela sem nunca deixar cair o interesse por essa ou outra trama. Tudo muito sedutor, deliciosamente novelístico”, detalhou Ismael Fernandes no livro Memória de Telenovela Brasileira.

A trama, apesar de não ser lembrada entre as principais produções da Globo, teve uma boa audiência. Mesmo assim, a novela nunca foi lembrada pela Globo para ser reprisada.

SONHO MEU

A novela teve exibição entre 27 de setembro de 1993 e 14 de maio de 1994. Sonho Meu fez sucesso na faixa das seis, mostrando a história da órfã Maria Carolina: “Mesmo com uma trama um tanto confusa no início, a novela, aos poucos, foi cativando o telespectador e registrou relevante sucesso com altos índices de audiência em sua segunda metade”, escreveu o colunista Nilson Xavier, em seu site de teledramaturgia. Porém, a trama nunca foi reprisada pela Globo, mas, está sendo mostrada atualmente pelo Viva.

UGA UGA

A novela foi exibida entre 8 de maio de 2000 e 20 de janeiro de 2001, em 221 capítulos, Uga Uga foi mais uma novela de sucesso de Carlos Lombardi na Globo.

“Ação, corre-corre, humor e diálogos característicos do autor Carlos Lombardi garantiram o bom Ibope e revitalizaram o horário das sete da Globo, combalido com as últimas produções”, explicou Nilson Xavier no Teledramaturgia. Mesmo assim, o público nunca mais conferiu as aventuras de Tatuapu, vivido por Cláudio Heinrich.

KUBANACAN

A novela foi exibida entre 5 de maio de 2003 e 24 de janeiro de 2004, trata-se de outra novela também de Carlos Lombardi que tem muitos fãs, mas nunca foi reprisada.

Atualmente a trama é considerada “cult”, e mostrou-se ser original, com texto ágil e sarcástico, provavelmente faria sucesso nas atuais redes sociais. Até existiu uma recente campanha na internet para trazê-la de volta, mas, a Globo ainda não se comoveu, pelo menos, a trama foi disponibilizada no Globoplay.

AMÉRICA

A novela foi exibida entre 14 de março e 5 de novembro de 2005, em 203 capítulos, América começou mal e era diariamente massacrada no ibope. Porém, a autora Glória Perez conseguiu recuperar e colocou a trama no eixo, tendo uma boa audiência na reta final.

Além disso, o romance de Júnior (Bruno Gagliasso) e Zeca (Erom Cordeiro) ficou entre os temas mais falados do país, o que provavelmente poderia se repetir na atualidade. Apesar disso, América não tem previsão de retorno.

PÁGINAS DA VIDA

A novela foi exibida entre 10 de julho de 2006 e 3 de março de 2007, Páginas da Vida foi a última novela de sucesso de Manoel Carlos, que derrapou nas duas tramas seguintes. Mesmo sem repetir os estrondos de Laços de Família e Mulheres Apaixonadas, o público acompanhou as histórias de Helena, interpretada por Regina Duarte, Nanda (Fernanda Vasconcelos) e Marta (Lília Cabral), o grande destaque da produção.

Essa foi a última participação de Ana Paula Arósio em uma novela das oito, ela estaria em Insensato Coração, porém, deixou a Globo.

PARAÍSO TROPICAL

A última novela da lista, foi exibida entre 5 de março e 29 de setembro de 2007, Paraíso Tropical foi uma novela da Globo que teve audiência baixa em seu início, mas que conquistou o público com o passar do tempo. “Uma trama bem escrita, dirigida e produzida, sem atropelos ou barriga”, definiu Nilson Xavier no site Teledramaturgia.

A personagem vivida por Bebel, Camila Pitanga caiu no gosto dos brasileiros e é lembrada até hoje. A trama também já foi cogitada algumas vezes para reprise, mas, acabou não voltando ao ar na Globo.

 

VÍDEO YOUTUBE: Patricia Poeta briga com diretor do Encontro e dá basta final após ser barrada em reunião

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários