Emissoras Globo

Globo fecha patrocinadores do Futebol e Fórmula 1 e vai faturar quase R$ 2,5 bilhões

Logo da Globo (Foto: Divulgação)
Globo vai faturar valor bilionário com Futebol e Fórmula 1 em 2019
(Foto: Divulgação)

A Globo fechou os patrocinadores do Futebol e da Fórmula 1 para a temporada 2019, nesta segunda-feira (15), e vai faturar quase R$ 2,5 bilhões somente com as transmissões de futebol e automobilismo.

Atenta às oportunidades, no próximo ano a empresa vai oferecer ainda mais interatividade para os espectadores e novos formatos, análise de dados e resultados para seus parceiros comerciais. Assim, a empresa reforça seu compromisso em oferecer o melhor conteúdo e oportunidades para que marcas se relacionem com seus consumidores.

Movimentação reconhecida por Brahma, Chevrolet, Itaú, Vivo, Casas Bahia e Hypera Pharma, patrocinadores das transmissões do Futebol 2019 e Cerveja Itaipava, Nivea, Santander, Net, Renault do Brasil e TIM, que se unem à Globo na Fórmula 1. Os patrocinadores foram anunciados na noite de desta segunda-feira (15).

+ Globo é surpreendida com mudança no futebol e terá que mexer no horário da novela das nove

+ Juninho Pernambucano diz que sofreu censura e revela briga feia no SporTV

“Acompanhar tanto o futebol quanto a Fórmula 1 na Globo é sentir a emoção dentro de casa, nas ruas, com os amigos, onde quer que se esteja. Essa possibilidade de interação, que verdadeiramente engaja as pessoas, sempre foi um diferencial também para as marcas que apostam e confiam no nosso conteúdo”, comenta Marcelo Duarte, diretor-geral de Negócios da Globo.

Sobre o pacote comercial do Futebol 2019, destaque para os números que reforçam a paixão e engajamento dos brasileiros pelo esporte: somente no primeiro semestre de 2018, cerca de 185 milhões de pessoas acompanharam as transmissões dos jogos na TV. No portal na internet, o conteúdo sobre o esporte teve um alcance mensal de 5,7 milhões de torcedores. E o Cartola somou mais de 10 milhões de downloads, com mais de 8 milhões de cartoleiros ativos.

“Em 2019, a imersão no mundo do futebol será ainda mais profunda, com mais conteúdo e ações pensadas para as nossas várias telas, além da renovação dos formatos tradicionais de entrega, que respondem às mudanças nos hábitos de consumo de conteúdo e, consequentemente, às demandas do mercado. Com esta ampliação na entrega, os patrocinadores terão ainda mais oportunidades para contar suas histórias por meio do conteúdo da Globo. E, do lado de cá, continuamos abertos a nossos parceiros para, juntos, criar ações e projetos que surpreendam positivamente os apaixonados por futebol”, completa Marcelo Duarte.

Neymar e Paulinho se abraçam durante vitória do Brasil sobre a Sérvia na Copa da Rússia (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Neymar e Paulinho se abraçam durante vitória do Brasil sobre a Sérvia na Copa da Rússia
(Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Além da transmissão de 95 partidas ao vivo, cobertura jornalística e produção de conteúdo dos principais campeonatos nacionais e internacionais, incluindo os jogos da Seleção Brasileira (amistosos, Copa América e eliminatórias da Copa do Mundo Fifa 2022), o pacote comercial do Futebol 2019 traz novidades importantes, mantendo o conteúdo como ponto central para as ações de marcas.

Na programação, o destaque fica para novos formatos comerciais, além da inserção virtual das marcas em conteúdo relacionado ao futebol, nos estúdios, durante os programas esportivos. A integração entre TV e digital se fortalece com enquetes relacionadas às partidas e conteúdos exclusivos para o Globoesporte.com. Já o Cartola inaugura o compartilhamento de informações sobre o Fantasy Game, em tempo real, durante as transmissões.

+ Malhação: Vidas Brasileiras e The Voice Kids são finalistas do Emmy Internacional Kids

GLOBO FATURA BILHÕES EM PATROCÍNIO

Cada uma das cotas de patrocínio do Futebol do ano que vem foi comercializada por R$ 310 milhões, de acordo com o preço de tabela do plano comercial que foi apresentado ao mercado publicitário no final de agosto. Como são seis patrocinadores, o valor total chega a R$ 1.860 bilhão.

A Fórmula 1, que também conta com seis cotas, teve o patrocínio da temporada 2019 vendido no valor de R$ 95 milhões (preço de tabela) cada. Ao todo, o valor é de R$ 570 milhões.

Somando o Futebol com a Fórmula 1, a Globo vai faturar R$ 2.430 bilhões no próximo ano somente com as transmissões na TV aberta.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!

;