Globo

Globo interrompe programação para cobrir greve, mas repórteres ficam mudos e deixam apresentador “constrangido”

Tadeu Schmidt (Foto: Reprodução)
Tadeu Schmidt (Foto: Reprodução)

A greve dos caminhoneiros pelo Brasil completa uma semana neste domingo (27). O gabinete do governo que monitora a crise reuniu-se em Brasília, sem a presença do presidente Michel Temer, por volta das 9h. O encontro durou cerca de duas horas.

+Musculoso e malhado, Chay Suede mostra tudo em cena de Segundo Sol e deixa público em polvorosa

O fato é que as emissoras brasileiras estão acompanhando de perto a manifestação. Entre elas, a TV Globo, que está interrompendo a programação a todo instante. No recente “flash” ao vivo, Tadeu Schmidt apareceu para trazer as últimas informações. No entanto, o apresentador do Fantástico foi surpreendido por uma gafe cometida pela emissora.

É que Schmidt chamou alguns repórteres para atualizar as notícias para os telespectadores que acompanham a Globo, mas, por uma falha técnica, eles não conseguiram ouvir o jornalistas e ficaram calados. O fato aconteceu duas vezes e, constrangido, Tadeu teve que se explicar.

Confira o momento:

CAMINHONEIROS FAZEM HOMENAGEM PARA RECORD TV

Nesta última semana, caminhoneiros de todo o Brasil resolveram entrar em greve por conta do aumento no preço do combustível. As atividades foram paralisadas e tem atingindo diversos setores da economia. Ainda não existe uma previsão de quando as atividades serão normalizadas.

+Segundo Sol: Laureta se dá mal e acaba presa

A paralisação tem o apoio de milhões de brasileiros, desde famoso a anônimos. No entanto, o que ninguém esperava era que os próprios caminhoneiros agradeceriam as emissoras de televisão pela cobertura do acontecimento. É isso mesmo! Em São Paulo, o logo da Record TV foi pintado na pista em uma espécie de homenagem.

Confira:

Em ao menos nove estados (Alagoas, Amazonas, Bahia, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Pernambuco, Rondônia e São Paulo) mais o Distrito Federal, há relatos de postos que foram reabastecidos. Em diversas cidades, motoristas tiveram de esperar em filas de veículos para colocar combustível.

Em entrevista coletiva na noite deste sábado (26), o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou que a Polícia Federal instaurou 37 inquéritos em 25 estados para apurar prática de locaute, quando os patrões de um determinado setor impedem os trabalhadores de exercer a atividade, durante a greve dos caminhoneiros.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA