Globo

Globo joga Fátima Bernardes pra escanteio e elege Ana Maria Braga rainha das manhãs

Ana Maria Braga foi comparada com a rainha Daenerys em Globo of Thrones (Foto: Reprodução)
Ana Maria Braga foi comparada com a rainha Daenerys em Globo of Thrones (Foto: Reprodução)

A Globo resolveu intervir naquela que é uma discussão antiga dos telespectadores dos programas matutinos da casa: quem é a rainha das manhãs. É que alguns fãs insistem em alimentar uma rivalidade (que não existe, pra deixar claro) entre Ana Maria Braga e Fátima Bernardes, que apresentam o Mais Você e o Encontro, respectivamente.

Aproveitando o dia da estreia da oitava e última temporada de Game of Thrones, a emissora resolveu fazer sua versão, Globo of Thrones. E quem sentou no trono de ferro que na série é de direito de Daenerys e foi consagrada rainha foi Ana Maria, que ganhou até uma “chamada” especial semelhante à da Targaryen.

+Danielle Winits paga mico na Globo e é detonada por caracterização no Show dos Famosos

A soberana da casa de vidro, a que não sola bolos, mãe das aves esverdeadas que desenvolveram o dom da fala… rainha das donas de casa, do café da manhã com nobres televisivos”, disse o narrador na ocasião. No final, surgiu a voz da personagem da série com o Louro José incorporando um dragão e soltando fogo pela boca.

Essa brincadeira foi exibida dentro do quadro Isso a Globo Não Mostra, que vem fazendo o maior sucesso na emissora dentro do Fantástico. Na atração, a emissora brinca com programas e micos da própria casa e também faz sátiras humorísticas de polêmicas envolvendo a política nacional.

+Claudia Raia é acusada de levar estrela Record para a Globo, público nota e não perdoa

Quem voltou a ser alvo foi o presidente Jar Bolsonaro. Dessa vez, o canal resolveu fazer um balanço dos cem dias de governo  com uma paródia da música Evidências, clássico da dupla sertaneja Chitãozinho & Xororó. Como se trata de um resumão, a emissora não perdeu tempo e escolheu vários temas caros ao político para serem mostrados na canção.

Logo no início, o canal deu destaque ao caso envolvendo Fabrício Queiroz, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro que realizou movimentações suspeitas em sua conta bancária. Além disso, a emissora zombou do poder dado pelo presidente aos filhos Carlos, Eduardo e Flávio Bolsonaro, que, segundo a emissora, têm “mais poder que um ministério”.

+Disfarçado, Alexandre Pato surpreende e vai a jogo com Rebeca Abravanel

Outros temas que repercutiram nesse início de governo, como os atritos com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, a sugestão de Bolsonaro para que os militares comemorassem o golpe de 1964 e o encontro com Donald Trump foram mostrados.

Ainda entrou no vídeo, curto, mas com muito conteúdo, foi mencionada a fala desrespeitosa do deputado Zeca Dirceu contra o Ministro da Economia, Paulo Guedes, a quem chamou de “tchutchuca” enquanto ele defendia a Reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.

O presidente Jair Bolsonaro é conhecido por sua rivalidade contra a Globo (Foto: Reprodução)
O presidente Jair Bolsonaro é conhecido por sua rivalidade contra a Globo (Foto: Reprodução)

O ápice, no entanto, foi uma espécie de auto-defesa feita pela Globo. No dia 27 de março, ela noticiou em primeira mão na GloboNews que Bolsonaro havia decidido demitir o então ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodrigues. Na sequência, a informação foi desmentida pelo presidente.

Acontece que alguns dias depois a demissão do ministro foi anunciada, aumentando as suspeitas de que Bolsonaro adiou essa demissão para não dar o “furo” à Globo, que é considerada uma de suas maiores rivais na mídia, a maior quando falamos de televisão.

Confira abaixo o vídeo com o Isso a Globo Não Mostra completo:

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!