Globo ighome Novelas

Globo pagará caro pela volta das novelas inéditas e tramas sofrerão desmanche

Regina Casé em Amor de Mãe e Deborah Secco em Salve-se Quem Puder; novelas da Globo voltarão ao ar retalhadas (Foto: Reprodução/Globo)
Regina Casé em Amor de Mãe e Deborah Secco em Salve-se Quem Puder; novelas da Globo voltarão ao ar retalhadas (Foto: Reprodução/Globo)

Globo retalhará novelas para ter tramas inéditas novamente e pagará caro dramaturgicamente

A Globo definiu nesta semana a volta dos trabalhos em seus estúdios no Rio de Janeiro para julho, retomando gravações de novelas paralisadas como Amor de Mãe e Salve-se Quem Puder. Mas o retorno das tramas inéditas previsto para agosto custará caro: elas sofrerão um desmanche devido à restrição de contato entre os atores.

Exibindo reprises em todos os horários após ficar sem folhetins inéditos para levar ao ar, a Globo já planeja uma retomada nas gravações de novelas para julho. Com isso, as tramas interrompidas voltam ao ar em meados de agosto, já que precisam de uma frente de capítulos prontos.

+ Datena perde a paciência ao vivo na Band, solta os cachorros e manda recado duro e na lata: ‘Acabou, porra’

+ Lembra dele? Respire fundo, pois, como o Caju está atualmente vai te surpreender

CONTATO PROIBIDO

Mas essa volta das novelas inéditas terá uma consequência. A Globo tomará todas as medidas de segurança para que seus artistas e funcionários não corram risco de ter problemas de saúde por causa do coronavírus. Beijos e abraços estão proibidos. Algumas cenas até serão feitas por meio de plataformas de comunicação, como o Skype.

GLOBO MANDA AUTORES ADAPTAREM NOVELAS

Esse será o preço – caro – pelo retorno das produções. Com a decisão da retomada, Manuela Dias e Daniel Ortiz tiveram que promover alterações nos capítulos de Amor de Mãe e Salve-se Quem, respectivamente. Cenas estão sendo mudadas para evitar ao máximo o contato físico.

João Baldasserini (Zezinho) e Deborah Secco (Alexia) em cena de beijo em Salve-Se Quem Puder (Foto: Divulgação/Globo)
João Baldasserini (Zezinho) e Deborah Secco (Alexia) em cena de beijo em Salve-Se Quem Puder (Foto: Divulgação/Globo)

Isso ocasionará um verdadeiro desmanche na história das novelas. Em um dos últimos blocos da novela das sete enviados por Ortiz à Globo antes da paralisação causada pela pandemia, todos os capítulos contavam com beijos e abraços, nos mais variados núcleos e situações. Haverá um impacto grande.

+ Fábio Assunção revela imagens impressionantes de preparação e transformação física para série; veja

A restrição de contato entre os atores dificultará ainda mais a vida dos autores. E a Globo pagará um preço alto dramaturgicamente pela volta das novelas.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Vitor