Globo ighome

Com desfalque histórico, Globo quer outra competição para reparar rombo em pacote bilionário

Galvão Bueno, principal nome do esporte da Globo; emissora planeja apostar em futebol feminino após perder contratos (Foto: Reprodução/Globo)
Galvão Bueno, principal nome do esporte da Globo; emissora planeja apostar em futebol feminino após perder contratos (Foto: Reprodução/Globo)

Globo quer investir em outra competição após desfalque histórico em seu pacote de esportes bilionário

A Globo já começou a planejar formas de reparar o rombo deixado pela perda da Copa Libertadores, Campeonato Carioca e Fórmula 1. Com pacote bilionário do futebol e um alto faturamento com as corridas, a emissora se mexe para o impacto financeiro não ser tão grande em 2021.

A primeira baixa do pacote esportivo foi o rompimento do contrato que garantia os direitos de exibição do Campeonato Carioca. Tudo começou após o canal carioca entender que sua exclusividade havia sido violada com a transmissão de um jogo do Flamengo baseado numa MP sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro.

+ Acusada de racismo, Luísa Sonza quebra o silêncio e se pronuncia pela primeira vez após denúncia: “Não acreditem”

+ Câncer escuta quem não devia e Leão inicia um caso com um ex-amor: Horóscopo do dia (18/09)

PERDAS DE TRANSMISSÕES ESPORTIVAS

Depois, a Globo anunciou que não vai transmitir a Fórmula 1 no próximo ano. O vínculo se encerra no fim deste ano e não será renovado. Um dos motivos são os valores pedidos. A emissora tentou renegociar o contrato, mas não conseguiu redução de preço e optou pela não renovação.

“Como parte da revisão de seu portfólio de direitos, um dos maiores entre emissoras de TV do mundo, a Globo optou por não renovar os direitos de transmissão da Fórmula 1 a partir de 2021. Mesmo sem a transmissão das corridas, a Globo continuará a fazer a cobertura da categoria em suas diversas plataformas”, disse o canal em nota.

Galvão Bueno em transmissão da Fórmula 1 na Globo; emissora deixará de exibir a competição (Foto: Reprodução/Globo)
Galvão Bueno em transmissão na Globo (Foto: Reprodução/Globo)

O baque mais importante no pacote esportivo da Globo, no entanto, foi a saída da Copa Libertadores da América. Por causa da alta do dólar e a crise causada pela pandemia, a emissora tentou renegociar valores do contrato com a Conmebol. Sem acordo, decidiu romper o vínculo apostando numa pressão sobre a entidade.

Mas o plano deu errado e Conmebol acertou com o SBT para a transmissão da competição mais importante do continente até 2022, aumentando o rombo no pacote de esportes da Globo, responsável por um faturamento bilionário anualmente.

+ A Fazenda 12: após volta de Raissa, peões pedem perdão a ela: ‘Tinha certeza’

GLOBO PLANEJA INVESTIR EM OUTRA COMPETIÇÃO

Para reparar o desfalque das transmissões de futebol e do espaço deixado pela Fórmula 1, a Globo tem o futebol feminino como sua principal aposta para 2021, com a exibição de partidas nas manhãs de domingo. Também não está descartado investimento em outras modalidades, como vôlei.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Vitor