Celebridades

Globo solta metralhadora e dispara contra Bolsonaro e três aliados do presidente de uma só vez

Bolsonaro e Globo não fazem parte de Vingadores, mas estão em Guerra Infinita (Foto: Reprodução)
Bolsonaro e Globo não fazem parte de Vingadores, mas estão em Guerra Infinita (Foto: Reprodução)

Ao longo dos últimos meses, a Globo vem usando o quadro Isso a Globo Não Mostra para fazer críticas de forma humorística a alguns políticos. O alvo mais preferido do canal é justamente o presidente Jair Bolsonaro, mas hoje o canal foi além e disparou a metralhadora do deboche tanto contra o político quanto com três de seus aliados.

Sobre Bolsonaro, a emissora fez piada com uma gafe recente cometida pelo presidente em visita à Argentina. Ao lado do presidente do país vizinho, Mauricio Macri, Bolsonaro acabou se enrolando totalmente ao tentar dizer a palavra “conclamo” e acabou virando piada nas redes sociais em todo o Brasil.

+Homem que matou ator de 22 anos de Chiquititas era sogro do rapaz, tem rosto exposto pra todo o país e ficha de crimes é revelada

+Rodrigo Faro acaba com a festa de Eliana, prejudica a apresentadora e verdade vem à tona

+Miguel Falabella dispara opinião polêmica sobre namoro de Ludmilla, causa revolta entre os gays e é detonado

Essa passagem por aqui, como já era de se esperar, está sendo simplesmente excepcional. E eu ‘conclomo’… ‘canclomo’… conclamo ao povo argentino que Deus abençoe a todos eles”, disse o presidente. A Globo utilizou seu mais famoso professor, o Raimundo, para dar o veredicto a Bolsonaro. Uma dica: foi uma nota redondinha.

O próximo alvo da emissora carioca foi Sérgio Moro, que é ministro da Justiça e da Segurança Pública. Ele foi alvo nesta semana de uma invasão de hackers em seu aparelho celular e revelou ter atendido a uma ligação cujo número do outro lado da linha era justamente o seu. A emissora mostrou o que seria uma conversa entre Moro com ele mesmo.

O Presidente da República, Jair Bolsonaro (Foto: Isac Nóbrega/PR)
O Presidente da República, Jair Bolsonaro (Foto: Isac Nóbrega/PR)

Mais direcionado à realidade da Globo, que é um canal carioca, a outra vítima foi o governador do estado, Wilson Witzel. Em resposta a uma fala do político em que ele pede para falar das coisas boas do estado e não apenas de violência, a emissora rodou a música Estado Decadente, de Zé Neto e Cristiano, tendo como fundo imagens trágicas das condições do Rio.

Falando especificamente da cidade maravilhosa, a emissora exibiu uma declaração do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, em que ele questiona o entendimento de mulheres sobre futebol. Em resposta à fala considerada machista, foram exibidos os três gols da Seleção Feminina que estrou hoje na Copa do Mundo com vitória contra a Jamaica.

+Najila Trindade cai no choro, faz revelação bombástica e promete sumir completamente

Crivella e a Globo, vale recordar, têm uma longa história de “caneladas”, para usar uma das palavras preferidas do presidente Bolsonaro. Na época da campanha à prefeitura do Rio de Janeiro, ele não foi a uma entrevista no RJTV e a emissora deixou a cadeira vazia exposta ao público. Mais recentemente, o prefeito se recusou a dar entrevista a uma repórter do canal.

https://twitter.com/showdavida/status/1137903920288796672

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Fernando Lopes

Escreve sobre televisão desde 2013.