TV Foco

TV Foco

Globo surpreende com cobertura jornalística no exato momento em que Michel Temer foi preso e mostra mandato

Fundação Roberto Marinho, ligada ao Grupo Globo, sofre grave acusação do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Foto: Reprodução)
Fundação Roberto Marinho, ligada ao Grupo Globo, sofre grave acusação do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Foto: Reprodução)
O presidente segundo sol Michel Temer durante pronunciamento, ao vivo, na Globo (Foto: Reprodução/Globo)
O presidente Michel Temer foi preso (Foto: Reprodução/Globo)

A Globo paralisou sua programação enquanto exibia o Encontro com Fátima Bernardes na manhã desta quinta-feira (21) para dar um notícia inusitada. Isso porque, Dony Denuccio, âncora do Jornal Hoje interrompeu a programação, para anunciar que o ex-Presidente da República, Michel Temer foi preso na operação Lava Jato.

Michel Temer é preso e famosos se manifestam nas redes sociais: “Conseguiu unir esquerda e direita”

“Este é o exato momento em que o ex-presidente Michel Temer foi preso”, anunciou o jornalista. As imagens estavam com o selo da TV Globo. Quando isso ocorre, é porque a emissora conseguiu com exclusividade.

A notícia causou grande comoção e repercussão nas redes sociais, já que muita gente acreditava que o ex-presidente havia conseguido “escapar” das denúncias em relação à ele na Operação Lava Chato, que prendeu centenas de políticos. Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, segundo o site G1.

Desde quarta-feira (20), a Polícia Federal (PF) tentava rastrear e confirmar a localização de Temer, sem ter sucesso. Por isso, a operação prevista para as primeiras horas da manhã desta quinta-feira atrasou.

Veja também

Débora Nascimento desabafa sobre situação do Brasil após prisão de Temer e fãs não perdoam

Vale dizer que outra situação que chamou bastante a atenção na entrada oficial para comunicação da prisão do ex-Presidente, foi a expressão séria de Fátima Bernardes no comando do Encontro. A apresentadora pareceu bastante assustada com a notícia mas seguiu com seu programa como se nada tivesse acontecido.

Ultimamente por sinal, a Globo tem dado cada vez mais espaço para o jornalismo em seu programação com entradas ao vivo dentro do Mais Você de Ana Maria Braga, do Bem Estar e do próprio Encontro. A ordem na emissora é priorizar a prestação de serviço e o jornalismo.

O presidente Michel Temer. (Foto: Divulgação)

Bruno Gissoni se revolta com prisão de Michel Temer e solta o verbo: “Bora aprender a votar?”

Mais adiante, durante os jornais locais, a Globo entrou em rede novamente com Dony de Nuccio, que recebeu com exclusividade o mandado de prisão contra Temer. O documento foi mostrado ao vivo pela emissora, e logo depois, imagens do mandado acabaram vazando nas redes sociais.

Por conta da situação, o “Jornal Hoje” foi dedicado praticamente inteiro a prisão de Michel Temer, que se transformou no segundo presidente preso atualmente no Brasil, o outro é Luís Inácio Lula da Silva, o Lula.

Apresentadores passam por situações constrangedoras ao vivo, se revoltam e soltam o verbo

A expectativa é de que os jornalis noturnos façam grande cobertura sobre o tema e dediquem boa parte de sua programação aos desdobramentos do caso que estremeceu a política brasileira.

Ainda na manhã de hoje, usuários lamentaram não ter assistido ao Plantão Globo. “Chateadíssima por não estar em casa na hora do Plantão Globo”, lamentou uma usuária, em tom de brincadeira. Alguns chegaram a criticar a parcialidade da emissora: “Temer preso. Cadê os helicópteros, prisão com cobertura ao vivo, repórteres no local antes da PF”, criticou.

Gosta das notícias publicadas por Nayara Bolognesi? Siga ela no Instagram: clicando aqui.

VÍDEO YOUTUBE: Programa da Ivete Sangalo na Globo É DETONADO 

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários