ighome

Globo vive maldição com novela, ator branco se pinta de preto e é enterrado vivo

Ruth de Souza e Sérgio Cardoso na novela "A Cabana do Pai Tomás" (Foto: Divulgação/TV Globo)
Ruth de Souza e Sérgio Cardoso na novela “A Cabana do Pai Tomás” (Foto: Divulgação/TV Globo)

O ator Sérgio Cardoso, morto em 1972 com 49 anos, além de ter protagonizado uma polêmica novela na Globo, ainda teria sido enterrado vivo

A Globo tem uma história cercada de triunfos e polêmicas, mas um escândalo em específico acabou fazendo com que desfechos misteriosos circulassem na mídia e na boca do povo. Após realizar um personagem negro mesmo sendo branco, o ator Sérgio Cardoso acabou se tornando alvo de um acontecimento muito triste.

Tudo começou no fim da década de 60, quando o ator era o maior nome da teledramaturgia e já brilhava em produções da Globo. Em 1969, Sérgio Cardoso foi escalado para viver o protagonista da novela da 7 “A Cabana do Pai Tomás”, que tinha um teor abolicionista.

O artista, que representava um escravo, pintou o corpo de preto, usou uma peruca crespa e usou rolhas no nariz para alargar as narinas. Já no contexto do folhetim, muitas críticas foram tecidas, já que um homem branco de ‘fantasiar’ de negro acaba se tornando uma das muitas faces do racismo e por isso a Globo tenta esquecer de todas as formas a existência da novela em seu passado.

MORTE MACABRA

Sérgio Cardoso fez outros papéis até que morreu subitamente de ataque cardíaco em 1972, enquanto protagonizava a novela “O Primeiro Amor”. Faltavam 28 capítulos para a trama ser finalizada e houve comoção nacional. O problema é que boatos de que o artista teria sido enterrado vivo começaram a circular na imprensa e entre o público.

Rumores apontavam que na exumação, o ator da Globo foi encontrado de bruços, com arranhões no rosto e na madeira do caixão. A família fez questão de negar a história veementemente diversas vezes e colocou um ponto final no macabro boato.

O “Fantástico” no fim dos anos 90 entrevistou Manoel Olegário da Costa, que alegava ser amigo do ator, e obteve mais informações sobre a vida dele. O homem contou que uma vez o artista contou que morria de medo de ser enterrado vivo. “Ele disse realmente que tinha medo que isso pudesse acontecer”, afirmou.

Outro ponto que torna a história de Sérgio Cardoso ainda mais macabra é que sua última fala na novela “O Primeiro Amor” foi: “não aguento mais. Vou embora daqui”. E ele saiu por uma porta e nunca mais voltou para o trabalho.

Rosamaria Murtinho e Sérgio Cardoso em "O Primeiro Amor" (Foto: Divulgação/TV Globo)
Rosamaria Murtinho e Sérgio Cardoso em “O Primeiro Amor” (Foto: Divulgação/TV Globo)

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Paulo Vito

Paulo Vito é um jornalista que trabalha com celebridades desde 2017 e admira tudo o que envolve o mundo dos famosos e da televisão. Está sempre de olho no que acontece nas redes sociais e faz questão de prestar atenção nas polêmicas e novidades!