Celebridades

Goleiro Bruno, do Flamengo, conquista liberdade e abandona filhas do primeiro casamento

O ex-goleiro Bruno Fernandes (Sergio Dutti/VEJA)
O ex-goleiro Bruno Fernandes (Sergio Dutti/VEJA)

Um dos casos que mais chocou o Brasil, foi se sombra de dúvidas a assassinato brutal da juíza, Eliza Samudio que morreu há quase 10 anos atrás pelas mãos do ex-goleiro do Flamengo, Bruno

Bruno Fernandes de Souza ou goleiro Bruno, 34 anos, que atuou durante anos no Flamengo como é mais conhecido foi condenado em 2013 a 20 anos e 9 meses de prisão pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio, que morreu no dia 10 de junho de 2010 e pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho. Ele também foi condenado por ocultação de cadáver, mas esta pena foi extinta porque a Justiça considerou que o crime prescreveu.

Bolsonaro revela masturbação pensando em Thammy Miranda: “descasquei demais”

Fernanda Paes Leme fala demais e acaba revelando momento íntimo: “me deixa esticada na cama”

Marina Ruy Barbosa tem verdade exposta por amigo íntimo: “história cheia de aventura”

O ex-goleiro Bruno, deixou diversos telespectadores chocados nesta última quinta-feira, 18 de julho, o direito de ir para o regime semiaberto. A decisão foi tomada pelo juiz Tarciso Moreira de Souza, da 1ª Vara Criminal e de Execuções Penais da comarca de Varginha, em Minas Gerais, que concedeu a progressão de pena. Ainda segundo o juiz, ele excluiu a falta grave atribuída ao ex-craque do Flamengo depois do atleta ter sido flagrado com mulheres em horário que deveria estar trabalho externo. De acordo com Tarciso, Bruno “satisfaz as exigências subjetivas e objetivas para a concessão da progressão de regime para o semiaberto”, além de já ter cumprido o tempo necessário em regime fechado.

Contudo, o juiz chegou a decisão que o ex-goleiro Bruno está apto para ser reinserido à vida social. Já sobre a vida pessoal do craque do Flamengo, as coisas têm andando bem pra ele, mas talvez não para os seus filhos. Segundo algumas informações fornecidas por amigos e parentes do atleta, o casamento dele com Danyanne Rodrigues do Carmo Souza, sua primeira mulher, ainda continua no papel. Apesar dele ter recebido há cerca de três anos uma quantia bem gorda, de pouco mais de R$ 1 milhão de um contrato antigo que tinha com o seu ex-time e mesmo assim a sua mulher não entrou com nenhum pedido de pensão.

Goleiro Bruno e Eliza Samúdio (Foto: Montagem/TV Foco)
Goleiro Bruno e Eliza Samúdio (Foto: Montagem/TV Foco)

O ex-goleiro Bruno é pai de quatro filhos, incluindo o que teve com a juíza, Eliza Samudio, mas o craque só convive com a mais nova, nascida em dezembro de 2017. As filhas mais velhas não conhecem a irmã e vivem hoje com a ajuda de parentes maternos. Dayanne, que trabalhava até 3 anos atrás, mas especificamente em 2016, como balconista numa padaria de Belo Horizonte, pediu demissão do emprego e segue como dona de casa. Vale lembrar que ela mudou quase toda a sua vida e rotina para conseguir ficar parte do ex-atleta do Flamengo.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Sandra Cotrim

Sandra Cotrim, 21 anos, é formada em jornalismo, ama escrever e ler sobre o mundo dos famosos