Colunas Fez História

Há 22 anos, Globo lançava menor novela das nove da história, usava maquetes e fazia pergunta angustiante para os telespectadores

Paullo Betti estrelava novelão há 22 anos na Globo (Foto reprodução)
Paullo Betti estrelava novelão há 22 anos na Globo (Foto reprodução)

Paullo Betti estrelava novelão há 22 anos na Globo

O que você faria se só te restasse um dia?  Essa pergunta movimentou o horário nobre da TV Globo em 1996. E só parou de mexer com a cabeça do telespectador no dia 15 de junho daquele ano, quando foi exibido o último capítulo de o Fim do Mundo. A menor novela das nove da história da emissora.

Na verdade o Fim do Mundo, era para ser uma minissérie, mas acabou como um tapa buraco no horário mais nobre da emissora. O texto de Dias Gomes, a última novela dele por sinal, surgiu no momento em que a emissora enfrentava problemas de planejamento entre Explode Coração e O Rei do Gado. Por isso foi preciso transformar o Fim do Mundo, no que a TV Globo chamou na época de Super Novela de 35 capítulos.

A trama girava em torno da previsão de que o fim do mundo estava chegando. A vida calma de Tabacópolis muda quando um paranormal prevê o fim do mundo em três meses e deixa a cidade em polvorosa. A partir disso, vários acontecimentos estranhos começam a acontecer: nasce um bezerro com duas cabeças; sinos tocam mesmo a igreja local não tendo o instrumento; um homem morde um cachorro; a terra começa a tremer e uma chuva de excremento cai sobre a cidade. No meio do caos, o manicômio solta os loucos, a cadeia liberta os presos, e alguns personagens aproveitam para realizar suas fantasias mais obscuras.

+ Há 23 anos, SBT finalizava novela repleta de atores globais com entrada de vilã no meio

Entre os destaques da trama o paranormal Joãozinho de Dagmar (Paulo Betti) que fez a previsão assustadora. Tião Socó, vivido por José Wilker, e a linda Gardênia, papel de Bruna Lombardi. No último capítulo, a profecia de Joãozinho da Dagmar se concretiza e o céu se fecha, e uma chuva de meteorito atinge a cidade.

Entre as curiosidades da novela estão as cenas do fim do mundo. Para realiza-las, como os computadores ainda não eram tão avançados, foram construídas maquetes dez vezes menores do que a cidade cenográfica original. A equipe de computação gráfica e de efeitos especiais montou uma produção paralela a da obra, criou animais e objetos em três plataformas de computadores. Algumas cenas foram gravadas com grua, dando uma visão diferente de cada cena.

Os atores Patrícia França e Mauricio Mattar cantavam os temas de seus personagens. José Wilker era a capa do único álbum da novela, e a obra terminou com uma homenagem ao câmera-man Custódio Ferreira, o Negão, que morreu em um acidente de carro, após gravar as últimas cenas da novela em uma locação em Vassouras.

O Fim do Mundo foi exibida de maneira compacta entre agosto e setembro de 2000, durante as eleições no Distrito Federal. Foi reexibida na íntegra pelo  Canal Viva de 18 de dezembro de 2017 a 26 de janeiro de 2018, também como um tapa buraco para evitar estreias nas festas de final de ano. Apesar de seu poucos capítulos, a novela nunca foi lançada em DVD.

Semana que vem tem mais Fez História aqui no TV Foco.

Por Alex Sampaio / Siga nas redes sociais clicando aqui. 

TV Foco no Youtube

Amor de Mãe

ANÚNCIO

Conheça nosso Podcast

ANÚNCIO

site statistics