Celebridades

Celebridades

Hacker invade canal de Pabllo Vittar no Youtube, apaga vídeo de maior sucesso e posta conteúdo de Bolsonaro

Pablo Vittar teve conta no YouTube hackeada (Foto reprodução)
Pabllo Vittar teve conta no YouTube invadida por Hacker (Foto reprodução)
Pabllo Vittar teve conta no YouTube invadida por Hacker (Foto reprodução)

Pabllo Vittar, que vem fazendo grande sucesso por todo Brasil, se deparou com uma situação pra lá de chata na noite do último domingo (27). O motivo? Um hacker invadiu o canal da drag queen e provocou estragos na conta do YouTube do artista.

Pelo que o TV  Foco apurou, o vídeo do hit K.O, maior sucesso da carreira de Pabllo e que tinha 100 milhões de views, foi apagado. O Hacker que invadiu a conta ainda publicou conteúdo relacionado ao deputado federal Jair Bolsonaro.

 + Luana Piovani é acusada inventar namoro para ter mídia, se revolta e faz declaração quente a novinho

+ Jacquin, do “MasterChef”, vomita duas vezes após comer em restaurante: “Vi o resto”

+ Flordelis é traída pela própria filha e amante afirma que ela planejava assassinato de Anderson: “Demônio”

Veja também

Até agora, a rede social não se manifestou sobre a recuperação da conta e nem se o vídeo removido voltará ao canal de Pabllo. O artista também preferiu não dizer nada até aqui. No Twitter o nome de Pabllo foi parar nos assuntos mais comentados com a hashtag #TodoscomPabloVittar.

Saiba tudo o que vai acontecer sobre a nova novelas das 9 da Globo, Amor de Mãe

VÍDEO YOUTUBE: Ex-funcionária de Xuxa denuncia situação de prostituição

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários