Novelas

Haja CoraçãoNovelas

“Haja Coração”: Nair pede perdão de joelhos a Adonis

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Nair (Ana Carbatti) implorará o perdão de Adônis (José Loreto) no capítulo de hoje (20) de “Haja Coração”. O rapaz descobrirá que é filho biológico da professora e que foi abandonado por ela quando era recém-nascido. Ajoelhada diante dele, a mulher explicará que sofreu depressão pós-parto, mas se arrependeu em seguida por tê-lo colocado para adoção.

“Por isso eu sempre senti, aqui dentro, que tinha alguma coisa errada entre a gente!… Que era difícil pra mim te chamar de mãe! Você não quis ser a minha mãe! Me jogou fora!”, diz ele, chorando. A mulher se joga aos pés do filho e implora que ele a perdoe: “Perdão, meu filho… Perdão… Se eu pudesse voltar atrás, ia ter cuidado de você, ia ser uma mãe melhor, te dar tanto carinho! Mas foi mais forte que eu… Por favor, filho, me perdoa!”.

Adônis, no entanto, vira as costas para a mãe e diz que nunca vai desculpá-la: “Agora nem irmão dos meus irmãos eu sou mais! A essa altura da vida, descubro que meu pai é um desconhecido”.

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Quem escreve

Aloizio Júnior

Aloizio Júnior ingressou na faculdade de Direito, mas é encantado por Medicina e hoje em dia é um vestibulando. Falar sobre TV sempre foi um hobby e faz isso desde 2008. Atento sobre todas as novidades no mundo da TV, entrou para a equipe do TV Foco em agosto de 2012.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários