Hebe

CelebridadesHebe

Dia Internacional da Mulher: Hebe Camargo representa a força e luta feminina na televisão brasileira

Hebe Camargo é o próprio Dia Internacional da Mulher
Hebe Camargo é o próprio Dia Internacional da Mulher (Foto: Reprodução)

Hebe Camargo é uma grande representante do Dia Internacional da Mulher e podemos provar!

Neste dia 08 de Março, se comemora o Dia Internacional da Mulher, que representa a conquista das mulheres pelo seu espaço no mundo machista. A força e a luta feminina contra preconceito no mundo dos ‘homens’ é representado mundialmente neste dia.

Além do mais, a apresentadora Hebe Camargo, é nascida neste mesmo dia, em que se comemora a luta e o empoderamento feminino.

A mulher que figura muito bem — e melhor do que ninguém — este grande dia para as mulheres, ainda mais se tratando de famosos e televisão é, nada mais, nada menos, que a própria Rainha da Televisão brasileira, Hebe Camargo (1929-2012), e podemos provar!

Hebe Camargo se tornou um símbolo da luta pelo espaço das mulheres entre os famosos. Cantora, de dupla sertaneja com a irmã, vindas do interior de São Paulo, em Taubaté, mais precisamente, Hebe despontou nas rádios no fim dos anos 1940 e ganhou até apelido: “A moreninha do samba”.

+Ana Maria Braga chora ao vivo na Globo, dá adeus e confirma o que público esperava: “Dever cumprido”

Veja também

Hebe Camargo foi uma grande estrela do SBT (Foto: Reprodução)
Hebe Camargo foi uma grande estrela do SBT (Foto: Reprodução)

Com os anos, a “moreninha” se tornou a grande “loira” e uma verdadeira dama da televisão. Com a chegada dos televisores e transmissores da primeira televisão no Brasil, no início dos anos 1950, Hebe Camargo estava lá, ao lado da inseparável amiga, a atriz Lolita Rodrigues.

Conquistando seu espaço na televisão com programas de auditório e variedades, Hebe Camargo se solidificou na televisão como uma verdadeira “dama de honras”. Sempre alegre e despojada, ela recebia bem e com muita alegria dos mais pequeno artista ao mais emblemático galã ou atriz de telenovelas.

Sem fazer distinção de seus convidados e sem travas na língua para se expressar e ser ela mesma, Hebe Camargo conquistou o coração dos telespectadores brasileiros e ficou por décadas à frente de seu programa de entrevistas. Fosse na Band, no SBT, ou na RedeTV!, Hebe tinha espaço garantido na televisão.

A apresentadora Hebe Camargo (Foto: Divulgação)
A apresentadora Hebe Camargo (Foto: Divulgação)

Seu famigerado sofá era um dos destaques. Sinônimo de fama e honraria, ser convidado a se sentar ao lado de Hebe Camargo e dar uma entrevista leve e descontraída, era praticamente um ‘prêmio’ para o artista. No fim dos anos 1990, a apresentadora revolucionou e começou a distribuir seus famosos “selinhos” nos convidados, um beijinho na boca do tipo “estalinho” e viralizou com isso, se tornando uma marca registrada, além do sofá.

+Xuxa Meneghel revela que tem segunda filha, anuncia em ligação com Junno e confirma: “Resolvi mostrar”

REVOLUÇÃO E ANIVERSÁRIO

Hebe passou pela ditadura militar no país, encarou de frente a censura e deu a volta por cima, sem ser tirada do ar, e muito menos, sem passar pelas sessões de tortura ou exílio que tantos artistas, infelizmente, passaram em nosso país, Hebe Camargo foi uma mulher muito à frente de seu tempo e bastante privilegiada por essa sorte.

A ‘alegria de viver’ de Hebe Camargo era contagiante, e com certeza, jamais esqueceremos desta ‘gracinha’. Lembrando que quem melhor representa o Dia Internacional da Mulher que a própria Hebe? Afinal de contas, ela nasceu neste mesmo dia, em 08 de Março de 1929. Se estivesse vive, hoje a Rainha da Televisão brasileira completaria 93 anos.

VÍDEO YOUTUBE: Enfermeira do caso Klara Castanho é denunciada + Globo vive escândalo com Encontro

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários