Celebridades TV Foco

Ícaro Silva é alvejado com tiros da polícia e relembra drama: “algum deles decidiu me matar”

Ícaro Silva
Ícaro Silva relembrou quando foi baleado – Reprodução/Instagram

Ícaro Silva tem carro alvejado pro tiros da polícia e relembra ocorrido em Conversa com Bial

O ator Ícaro Silva decidiu comentar sobre um traumático acontecimento que vivenciou no Rio de Janeiro durante o programa Conversa com Bial. No relato, o ator relembrou quando foi alvejado com tiros, após passar por uma blitz em setembro do ano passado. Na época, o ator decidiu não prestar queixa contra os políciais que fuzilaram o seu carro, e acabou explicando o que fez tomar tal atitude.

Logo depois, o ator relembrou o triste ocorrido, na situação, Ícaro Silva voltava de uma festa com amigos por volta de 5 horas da manhã, quando passou por um túnel em que acontecia uma blitz na Zuzu Angel, na zona sul do Rio de Janeiro. O ator, chegou a conversar com os policiais momentos antes dos tiros serem disparados. “Tava uma escuridão, e tinha um monte de gente na rua, eu já fui logo reduzindo [a velocidade do] carro com aquela tensão da gente que mora no Rio de Janeiro”, relembrou o ator, que também ligou as luzes internas do carro para ser reconhecido pelos policias, que estavam alterados.

+Jojo Todynho vê cantor famoso e tira a roupa no Rock in Rio: “Mostrei meu monumento”

+Bruna Griphao posta vídeo sensual, público não perdoa e atriz rebate: “Não tô ligando”

+Pedro Scooby aparece em carro de luxo cercado de mulheres após foto de caso gay e traição vir à tona

“Todos eles apontando fuzis na minha cara, eu abri o vidro lateral e perguntei o que estava acontecendo, mas eu vi que não era uma blitz normal”, relembrou. “Ele gritava comigo: ‘Vai embora, porra! Vai embora, filho da puta!’, posso falar palavrão esse horário, né?”, relemrbou o ator, que decidiu acelerar o carro e ir embora. No entanto, depois de atender os pedidos dos policiais, o ator começou a ouvir uma série de tiros. “Foi igual um filme de velho-oeste, que os tiros começam a fazer as coisas voarem, as coisas do carro começaram a voar à minha volta”, detalhou Ícaro Silva.

Ícaro Silva (Foto: Reprodução/Globo)

“A perícia constatou que todas as balas encontradas no meu carro eram da própria polícia. Todas. Todas vieram da mesma direção, de trás, e todas saíram das mesmas armas. O que aconteceu foi que, assim que saí dessa blitz, algum deles decidiu me matar”, desabafou Ícaro Silva, que foi atingido por uma das balas em seu braço. O intérprete de Ticiano de Verão 90 relembrou dos momentos depois ouviu dos policiais, durante o depoimento, que o próprio teria incentivado a atitude dos policiais ao furar um bloqueio. “Quando eu ouvi isso do delegado eu ri. Falei: ‘Meu querido, eu sou um jovem preto no Rio de Janeiro, no meio de uma blitz, às 5 horas da manhã. Se eu quiser me suicidar pode ser que eu fure uma blitz’, porque não existe furar [para alguém como eu]”, comentou.

+José Loreto exibe momento sensual durante banho ao ar livre e arranca suspiros: “Ousado”

+Juliana Paes coroa Paolla Oliveira em evento e rivalidade volta à tona em desabafo da atriz

Durante a conversa, Ícaro Silva revelou que preferiu manter a situação discreta por conta do atual momento da política no país, que se encontrava as vésperas da eleição presidencial. “Eu não queria ser um mártir para a esquerda e nem um bode expiatório para a direita”, comentou o artista.

Nas redes sociais, no entanto, Ícaro Silva relatou a triste situação, em um relato pra lá de emocionante para alertar os seus seguidores.

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Ionara Santna