Chocante!

Baratas no Carrefour e flagra no Assaí: Os 2 gigantes denunciados pela Vigilância e a justiça acionada ás pressas

28/05/2024 às 10h01

Por: Luiza Lefundes
Imagem PreCarregada
Carrefour e Assaí são flagrados pela vigilância sanitária (Montagem/Canva/Secretaria da Saúde)

Carrefour e Assaí são pegos no flagra e viram alvo da vigilância sanitária

As gigantes varejistas Carrefour e Assaí foram denunciados pela vigilância sanitária e acionado pela justiça às pressas por dois casos que surpreenderiam milhões de clientes.

Siga o Tv Foco no Telegram

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Acontece que em março de 2021, o tão famoso supermercado Carrefour teve que pagar R$ 200 mil de indenização por danos morais coletivos.

Isso porque, uma infestação de baratas, alimentos fora de refrigeração e outras irregularidades, foram constatados por vistoria realizada pela vigilância sanitária, segundo informações do Migalhas.

No momento da inspeção, foram encontradas baratas vivas e os agentes sanitários alegaram que o desgaste dos mobiliários proporciona abrigos e esconderijos para a perpetuação da infestação.

Siga o Tv Foco no WhatsApp

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


Além disso, foram identificadas ainda outras irregularidades, como a exposição de pescados fora da frigorificação, 50 embalagens de hambúrguer de carne bovina congelado alteradas, caixas de margarinas acondicionadas em temperatura ambiente, fora da refrigeração, e a ausência de sistema térmico de água quente corrente na cozinha do refeitório dos funcionários.

Veja também

Ao analisar recurso, a desembargadora Lúcia Esteves ressaltou que, embora tenha sido realizado a contratação de terceiros para a prestação do serviço de controle de vetores e pragas urbanas, este não se mostrou adequado, suficiente e capaz de evitar a infestação de baratas nas diversas dependências da filial.

Desse modo, condenou o supermercado a contratar serviço de dedetização para a realização de imunização satisfatória nas instalações de sua loja e a realizar os reparos estruturais em seu mobiliário para tapar orifícios e frestas que servem de abrigo e esconderijo para as baratas.

Já no caso do Assaí, o Ministério Público da Bahia acionou judicialmente o mercado por irregularidades detectadas em sua unidade Calçada/Uruguai, em Salvador, em março deste ano.

De acordo com o portal Bahia.Ba, a promotora de Justiça Joseane Suzart pediu que a Justiça obrigasse a loja a respeitar as normas sanitárias do município e renovasse o alvará de saúde bem como os demais documentos exigidos pela vigilância sanitária.

Isso porque, na época, os fiscais encontraram problemas estruturais em câmaras de refrigeração, vazamentos no açougue, higienização inadequada de balcões de vendas e açougue, além de produtos sem preço ou próximos à data de vencimento sem destaque para o prazo de validade.

Com isso, a Promotoria propôs o pagamento de indenização pelos prejuízos extrapatrimoniais coletivos causados à sociedade, valor que deve ser revertido para o Fundo Estadual dos Direitos do Consumidor; e pagamento de indenização para os consumidores que sofreram prejuízos materiais e morais em decorrência das práticas abusivas.

Vale ressaltar que os dois casos das redes aconteceram há um tempo, e ambas as unidades já foram regularizadas diante das regras da vigilância sanitária.

Entretanto, até o momento não foram encontradas notas oficiais, tampouco manifestações das empresas a respeito do ocorrido, porém o espaço continua em aberto para que a mesma possa expor sua versão dos fatos.

Apesar das polêmicas envolvendo as infestações e as irregularidades, tanto o Carrefour quanto o Assaí continuam sendo empresas líderes do segmento varejista e pretendem satisfazer da melhor forma possível os seus clientes.

Qual é a maior varejista que atua no Brasil?

Segundo o portal da Forbes, o Carrefour (CRFB3) é a principal empresa de varejo no Brasil, tendo registrado um faturamento de R$ 108 bilhões no ano de 2022, de acordo com um estudo da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC). A pesquisa, que analisou as 300 maiores varejistas do país, também indicou que 173 delas faturaram mais que R$ 1 bilhão, 17 mais que em 2021.

Carrefour
Carrefour (Foto: Divulgação)
Unidade do Assaí Atacadista foi fechada (Foto: Reprodução/ Internet)
Unidade do Assaí (Foto: Reprodução/ Internet)
Fiscais da Agência de Vigilância Sanitária (Imagem Reprodução Internet)
Fiscais da Agência de Vigilância Sanitária (Imagem Reprodução Internet)

🚨 Desfecho de Huck na Globo após 24 anos + Estrela do SBT sofre h3morragia + Homem diz ser filho de Chrystian   

Autor(a):

Cursando Jornalismo e completamente apaixonada por comunicação social e entretenimento. Antenada nas redes sociais e acompanhando as vidas movimentadas das celebridades. Fanática pelas divas do pop e extremamente cinéfila, sou a pessoa que passa horas vendo filmes e está sempre procurando séries novas. Meu objetivo é ser o mais clara possível e espalhar todas as fofocas.

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.