TV Foco

“Insensato Coração”: Norma prende Léo no canil e dá resto de comida para o vilão, confira como será a cena!

Norma (Glória Pires) vai começar a se vingar de Léo (Gabriel Braga Nunes) em “Insensato Coração”. Depois que Cortez (Herson Capri) é preso, Léo fica sem dinheiro. Wagner (Eduardo Galvão) faz a ponte para que os dois se encontrem a pedido da técnica em enfermagem e o vilão fica surpreso ao descobrir que ela é a viúva rica de Teodoro (Tarcísio Meira). A cena vai ao ar no capítulo 141, com previsão de ir ao ar no dia 29 de junho. Só que o plano de vingança dela inclui prender Léo em um canil e servir restos de comida para o ex.

Primeiro, Norma faz chantagem, dizendo que tem uma proposta irrecusável para o vilão: Léo terá que trabalhar com ela, caso queira ficar fora da cadeia. A técnica em enfermagem mostra que não está de brincadeira quando apresenta um dossiê sobre a vida de Léo e avisa que existem várias cópias com pessoas de sua confiança e também em cofres de bancos. Ela prova que sabe que a empresa de energia eólica é fantasma e no endereço da “firma”, na verdade funciona um açougue. Se o dossiê cair nas mãos da polícia, ele vai ser preso por vários crimes contra o sistema financeiro. Léo fica assustado com o conteúdo da pasta, que traz ainda fotos que comprovam que Irene (Fernanda Paes Leme) foi atropelada por ele.

No capítulo seguinte, Leonardo aceita trabalhar para Norma. Ela, então, manda que ele assine sua carta de demissão do Banco Andrade Cortez, que Wagner já preparou. Assim que ele assina, Norma entrega o documento a Jandira (Cristina Galvão) e pede que ela entregue ao advogado. Norma ainda pede o celular de Léo e dá um tapa na cara do vilão. Quando Léo ameaça reagir, Ismael (Juliano Cazarré) entra na sala, ameaçador. Com medo, o vilão entrega o aparelho a Norma, que continua ditando as regras. Ela avisa que o trabalho é em tempo integral, portanto, ele não pode sair da casa nem, sequer, se comunicar com o mundo exterior. Depois, Norma ordena que Ismael leve o rapaz para o quarto especialmente preparado para ele.

Léo leva um susto ao ver o lugar em que vai ficar. É um cubículo, sem janelas e apenas com um duto de ventilação. No local, há uma cama simples, uma cadeira, um armário, uma pia, luz no teto e um vaso sanitário. Léo entra no local seguido por Ismael:

Léo – Isso é alguma piada?

Ismael – Tá me vendo rir de alguma coisa?

Léo – Mas ela não pode achar que eu vou dormir aqui!

Ismael – Ela não está “achando”… Você vai dormir aqui. Ou ficar acordado, se preferir.

Léo – Isso é pior do que senzala! Como é que você aguenta um tratamento desses, cara?

Ismael – Eu? Do que você está falando? O meu quarto é maneiro. Tem ar-condicionado, janela pro jardim…

Léo – Mas isso aqui parece um canil!

Jandira entra com uma pilha de lençóis, toalhas, calças e camisas.

Jandira – Adivinhou! Era o canil da casa, a gente mandou fazer umas adaptações pra você ficar mais confortável… Agora a gente vai te deixar à vontade pra descansar um pouco.

Os dois saem e Ismael fecha a porta atrás de si, sem trancar. Léo fica atônito, mas acaba rindo, ainda confiante que vai virar o jogo.

Léo – Esta mulher não sabe com quem está lidando… Já passei a perna nela uma vez, passo outra! Agora eu vou é puxar um ronco!

Léo acorda com fome e vai até a cozinha. Pega algo para comer na geladeira, quando Jandira chega:

Jandira – Está fazendo o quê na cozinha?

Léo – Estou com fome, ora! Está na hora do almoço.

Jandira – Ah, tá, esqueci. O que é que você quer almoçar?

Léo – Sei lá, qualquer coisa, o que tiver, um bife, uma salada, batata frita, arroz, feijão…

Jandira – Tá bom, vai pro seu quarto que eu levo um prato já, já.

Léo – Mas eu tenho que ficar direto naquele quarto? O que aquela mulher quer de mim?

Jandira – Ela vai te chamar quando precisar de você. Espera lá.

Como a comida não chega, Léo resolve ir até a cozinha novamente. Ele vê a geladeira trancada, abre armários e procura comida, furioso.

Jandira – Que zoeira é essa aqui?

Léo – Você disse que ia levar meu almoço. Pô, vou viver de vento?

Norma entra, seguida por Ismael.

Norma – O que está acontecendo?

Léo – A empregada disse que ia levar meu almoço e até agora nada!

Jandira – Olha só, gente fina… Cheio das exigências! Queria bife, batatinha frita…

Norma se vira para Léo:

Norma – Não estou entendendo o problema… É o cardápio?

Léo – Eu estou com fome e disse que podia ser qualquer coisa, mas essa daí não me trouxe nada!

Jandira – E você não pegou por quê? Está tudo ali!

Jandira aponta e sobre a bancada do fogão estão algumas sacolas de supermercado. Norma se dirige a Léo, autoritária:

Norma – Vai lá ver o que tem nas sacolas!

Léo abre as sacolas e vê pacotes fechados de feijão, farinha, arroz e um saco de batatas.

Léo – O que é isso?

Norma – Vai cozinhar o seu almoço!

Léo fica desconcertado. Norma destranca a geladeira e entrega dois ovos ao vilão para que ele os frite. No capítulo 143, preocupada com o sumiço do filho, Wanda (Natália do Vale) resolve ir até a casa de Norma saber se Léo está lá. Ismael o tranca no canil enquanto a viúva de Teodoro despista a mãe do seu refém. À noite, Jandira destranca a porta e entra no quarto de Léo com um prato de comida. Ismael está atrás dela.

Léo – Até que enfim! Precisava me deixar trancado? E minha mãe, como ela está?

Jandira – Está bem. Toma aí sua comida.

Jandira estende o prato a Léo, que olha e reage pasmo.

Léo – Que droga é essa?

Léo olha um prato cheio de restos de comida e se irrita.

Léo – Isso são restos de comida! É nojento!

Jandira – Tenho culpa se você não sabe cozinhar? Teve empregada a vida toda, deu nisso. Eu fiz a comida da Norma, meu trabalho, você não quis fazer a sua, o que sobrou dela foi isso…

Léo – Eu não vou comer isso, me arruma comida de gente! Eu estou morto de fome! só comi dois ovos no almoço!

Jandira – Olha, a Norma não quer que você morra de fome. Mas cozinhar pra você eu não vou, que eu tenho mais o que fazer e sua vida está moleza… O dia todo aqui no quartinho de papo pro ar. Não quer cozinhar, o que tem pra comer é sobra.

Léo – Eu já disse que não vou comer este troço nojento!

Ele empurra bruscamente a mão de Jandira que lhe oferece o prato, o prato vai ao chão, a comida se espalha. Ismael avança sobre Léo.

Ismael – Te ensino a tratar a moça direito. Enfio o grude pela boca! Quero ver se vai ou não vai engolir tudo!

Jandira – Deixa ele, Ismael. Quer passar fome, passa.

Eles saem, trancam a porta. Do quarto de Norma, ela consegue ver Léo batendo na porta por causa de uma câmera que foi instalada no antigo canil. Léo grita que está com fome, chuta a porta, reclama que está trancado. Como vê que ninguém vai atender, começa a comer a comida que está no chão. Diante do monitor, Norma fica conflituada ao ver a cena.

 

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Deivison Lima

Escreve sobre Televisão desde 2008