Bastidores da TV SBT

Internautas fazem piada com o uso excessivo de clipes e flashbacks em “Chiquititas”

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Ao invés de aumentar a produção, a estratégia encontrada pelo SBT para esticar “Chiquitas”, foi inserir clipes e fashbacks na trama, com o principal intuito de preservar as cenas inéditas e aumentar o número de capítulos.

Essa estratégia já vinha sendo utilizada em “Carrossel”, que também se tornou um sucesso repentino na emissora, e fez com que a produção abusasse do uso de clipes e flashbacks para prolongar a duração do folhetim infantil. Com essas inserções, a trama chega a “economizar” quase 15 minutos de cenas inéditas em cada capítulo.

Essa estratégia da emissora já começa a ficar evidente para a maior parte do público. Algumas cenas de flashbacks chegam a ser consideradas desnecessárias, deixando nítido a estratégia do canal.

Nas redes sociais, vários internautas já fazem piada desse uso excessivo de clipes e flashbacks da emissora na novelinha. “Daqui a pouco vai ter flashback da pipoca lembrando quando era outro cachorro”, brincou um internauta. “Se for pra ver flashback eu vou lá no Youtube e vejo os episódios passados, dona Iris [Abravanel]”, comentou outro. “Eita… Já estão passando flashback até na chamada. Se continuar nesse ritmo, logo a chamada vai ser um clipe de música”, escreveu uma internauta.

“Chiquititas” deve permanecer no ar até julho, sendo substituída por “Cúmplices de um Resgate”, que já entra em fase de produção.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA