ADEUS AO MERCADO

Intervenção do Banco Central e adeus a 250 agências: Fim de banco nº1 do Brasil e Itaú engolindo tudo

04/07/2024 às 16h09

Por: Larisse Oliveira
Imagem PreCarregada
Banco Central interveio nesse gigante e ele ainda foi vendido ao Itaú (Foto: Divulgação)

Um banco clássico do Brasil e conhecido por ter sido até o n°1 em um setor importante, enfrentou intervenção do Banco Central e ainda teve que ser repassado ao Itaú

No Brasil há milhares de bancos, como o Itaú, Bradesco, Caixa, Santander, dentre outros. O Banco Central é o responsável por autorizar o funcionamento deles como instituição financeira.

E assim como autoriza seu funcionamento, é dever do Banco Central também intervir quando algo não está dentro do esperado. E um clássico banco brasileiro, que hoje só existe na memória de clientes, deixou de existir e ainda lidou com intervenção do BC.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Trata-se do Banco do Estado do Rio de Janeiro, que era conhecido popularmente como Banerj. Fundado em 1945, ele tinha sua sede no Edifício Lúcio Costa, o Banerjão. Ele estava presente em todas as cidades do Rio de Janeiro e em seu auge, alcançou a marca de 250 agências.

Entre as atribuições do Barnerj estava arrecadação de taxas de tributos estaduais, pagamento dos funcionários públicos e dos benefícios de aposentados e pensionistas estaduais. Ele chegou a ser o número 1 do Rio de Janeiro.

Continua após o Veja Também

Veja também

INTERVENÇÃO DO BC

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os bons anos passaram, e o Banerj enfrentou problemas. De acordo com o site Senado Notícias, em 20 de fevereiro de 1987, ele sofreu com intervenção do Banco Central. Isso ocorreu por conta do Banerj ter demonstrado incapacidade de tomar novos empréstimos de socorro junto ao BC. Havia uma necessidade de caixa de R$ 515 milhões, mas o banco, entretanto, só possuía R$ 400 milhões em garantias.

COMPRA DO ITAÚ

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com informações divulgas pela Folha de São Paulo em 26 de junho de 1997, o Itaú comprou o Banerj S.A. por R$ 311,1 milhões, em leilão na Bolsa de Valores do Rio. A aquisição foi a primeira privatização de um banco estadual no Brasil. As agências foram repassadas ao novo dono.

Em 2011, o Bradesco pagou R$ 1,7 bilhão para comprar o banco e o nome deixou de ser Banerj, para se tornar Berj. De acordo com o Exame, já em 2013, com a compra, o Banco Berj passou a se chamar Banco Bradesco Berj.

QUAL O MAIOR DO BRASIL?

Você já sabe que a Caixa é o maior banco do Brasil em questão de clientes. A instituição financeira conta com mais de 150 milhões de clientes. Os dados são do ranking do Banco Central.

🚨 Tati Machado titular do Encontro + Estrelas intocáveis da Globo + Datena fora da Band: "Não tem dinheiro"    

Banco Central
Itaú
Larisse Oliveira

Eu sou Larisse Oliveira, sou graduanda em Engenharia Ambiental, pelo Instituto Federal do Ceará. Escrevo sobre o mundo dos famosos desde 2019 e amo cobrir o mundo da televisão, em especial o Programa Silvio Santos, que é meu favorito da TV. Faço matérias aos finais de semana e atualizo o público sobre tudo que está rolando na TV e nas redes sociais dos queridinhos do momento. Email: [email protected]

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.