TV Foco

Isabella Nardoni, 13 anos após assassinato cruel, surge em carta psicografada devastadora: “Sou somente um fruto”

Isabella Nardoni (Foto: Reprodução)

A menina que foi motivo de oração por todo o Brasil confortou o coração de sua mãe em suposta carta psicografada

O caso de Isabella Nardoni abalou todo o país. A menina de apenas 5 anos foi jogada do sexto andar pelo seu pai e sua madrasta de um edifício e morreu pouco tempo depois. Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá seguem presos até os dias atuais. O assassinato, inclusive, completará treze anos no dia 28 deste mês.

No entanto, anos após sua morte, Isabella Nardoni surgiu através de uma carta psicografada para dar um acalento ao coração de sua mãe, Ana Carolina Oliveira, que até hoje busca conforto com a crueldade feita com sua filha por seu ex-marido. Na suposta carta, a menina se refere à Ana como “Querida do meu coração puro”.

Ana Carolina Oliveira e sua filha Isabella Nardoni (Foto: Reprodução)

A MENSAGEM

As palavras foram divulgadas pela página ‘Cartas Psicografadas dos Famosos’. “Querida do meu coração puro, quero escrever-te agora mesmo com Sinceridade. Onde estiver nesta terra querida, quero ficar contigo de verdade”, inicia Isabella Nardoni, na mensagem direcionada à sua mãe.

“Obrigado por tudo o que fizeste, por ter me dado o teu Amor. Prometo-te que estarei contigo compartilhando o maior fervor. Quando eu estou aqui no paraíso penso em você a cada dia. Sabe que os anjos da guarda, são a minha melhor companhia. Mas que isto vai resolver tudo, o dia em que voltarei”, continua a menina.

“Sou somente um fruto do seu carinho porque foi Deus que me enviou. Agora que sabes o que eu declaro por isso, mãe que eu te amo eternamente. Com os meus versos singelos, dizendo o seguinte: minha querida mamãe, eu te amarei para sempre!”, concluiu.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Bianca Barbosa