Jesus

Jesus: maldoso e sinistro, soldado Petrônio muda quando conhece Jesus de Nazaré

Dudu Azevedo (Jesus) em cena da novela bíblica da Record (Foto: Reprodução/Record)
Dudu Azevedo (Jesus) em cena da novela bíblica da Record
(Foto: Reprodução/Record)

O soldado Petronius (Fernando Pavão) da trama Jesus provavelmente é um dos personagens mais malignos das novelas atualmente.

Ele mata, invade aldeias, massacra e extermina quem estiver no seu caminho. Contudo, ele mudará de comportamento ao conhecer Jesus (Dudu Azevedo). “Ele passa a se questionar a ponto de se compadecer por Jesus, naquele momento na cruz. Ou seja, ele tem uma transformação interna e percebe que a vida que teve antes não era o que ele acreditava”, declara Fernando Pavão. Informações da jornalista Carla Bittencourt.

+ Famosa global se rende ao Chaves, do SBT, exalta seriado mexicano e faz revelação “assustadora”

“Petronius é um homem atormentado pelo seu passado, um personagem que questiona as escolhas que fez ao longo da vida, e que busca encontrar a paz que um dia teve”, completa o ator. O personagem, que não está literalmente na Bíblia, dá ao intérprete a possibilidade de se surpreender a cada cena recebida, o que ele comemora. Todo ator procura um personagem que não seja estático emocionalmente”, diz.

Petrônius e Jesus (Foto: Reprodução/ Record)
Petrônius e Jesus (Foto: Reprodução/ Record)

MAIS SOBRE JESUS

O Ministério da Justiça tem feito vista grossa quando o assunto são os programas vinculadas na televisão. Tanto que muitas atrações de diversas emissoras tiveram suas classificações indicativas alteradas. Sobrou até mesmo para a novela bíblica da RecordTV, Jesus.

No despacho publicado pelo Diário Oficial desta quarta-feira, 29 de agosto, veio a informação da mudança. A autoclassificação da Record, uma novela “não recomendada para menores de 10 anos, foi vetada e elevada para “não recomendada para menores de 12 anos”.

+Lutando contra câncer, Beto Barbosa faz revelações e lamenta anos de vício no tabaco

Segundo informações do colunista Maurício Stycer, do UOL, o motivo para a alteração foi a constatação de tendências como apelo sexual, consumo de droga lícita, presença de arma com violência, morte intencional, ato violento, pena de morte, presença de sangue e crueldade.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA